Blog Luis Machado

Notícias

Aglailson Victor: Tem que ter paciência

Aglailson Victor: Tem que ter paciência

Aglailson Victor: Tem que ter paciência

Aglailson Victor: Tem que ter paciência

Aglailson Victor sobre o governo Raquel Lyra: “tem que ter a devida paciência para poder esperar as coisas se encaixarem

  • O deputado estadual e primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Aglailson Victor (PSB), pediu paciência para a classe política em relação a esse primeiro ano de mandato da governadora Raquel Lyra (PSDB) à frente do Palácio do Campo das Princesas. Em uma entrevista exclusiva ao Blog do Alberes Xavier e à Rede Pernambuco de Rádios, em seu gabinete, Victor abordou o contexto da mudança partidária e política no estado, bem como a necessidade de mais tempo para avaliar os resultados dessa nova fase governamental.

“Foram 16 anos de um ciclo com o mesmo partido, partido do qual eu faço parte, do PSB, e agora começou um novo ciclo partidário e político, uma nova frente política que se formou, está à frente do Governo do Estado de Pernambuco sobre liderança da governadora Raquel Lyra do PSDB. Qualquer gestor público sabe que pegar uma máquina depois de 16 anos de um mesmo partido político tem que ter paciência. São seis meses de um governo depois de 16 anos do PSB, então, a classe política, sobretudo a gente, tem que dar o tempo certo, tem que ter a devida paciência para poder esperar as coisas se encaixarem. Acredito que a partir do próximo ano a gente vai poder cobrar com mais enfase, cobrar com mais rigor as ações”, disse.

O parlamentar enfatizou também que, após seis meses de gestão em um contexto tão complexo, é importante dar o tempo necessário para que as ações do novo governo se consolidem. Ele sublinhou a relevância de esperar que as coisas se encaixem antes de avaliar com rigor as ações tomadas. Aglailson Victor mencionou ainda que a classe política, ele inclusive, deve dar o tempo certo e necessário para permitir que a nova administração estadual implemente suas estratégias e políticas.

“Você pegar uma transição de governo já é complicado, de 16 anos de um mesmo partido político e do tamanho de um estado então… a gente tem que ter a paciência e no momento certo a gente vai poder avaliar e ter um panorama mais exato de como estão sendo as ações do governo de Raquel Lyra”, lembrou.

Comento, argumento. Só não invento!

Compartilhe e faça opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes