Blog Luis Machado

Notícias

BLOG LUÍS MACHADO. A via crucis de quem faz notícia

BLOG LUÍS MACHADO. A via crucis de quem faz notícia

BLOG LUÍS MACHADO. A via crucis de quem faz notícia

BLOG LUÍS MACHADO. A via crucis de quem faz notícia

  • Não é novidade que, com a falência dos tradicionais órgãos de imprensa escrita – por conta do advento da internet e redes sociais – eis que surgiram mais tarde e com estupenda força de chegada, ao leitor, os atuais sites ou blogs.

Com isso, foi praticamente inevitável o surgimento de quem se arvore no “direito” de comunicar e a maioria faz de qualquer jeito, em detrimento do chamado jornalismo de raiz ou verdadeiro jornalismo.

Ora, há que se perguntar: Qual seria o prejuízo da ausência desse jornalismo sério, qualificado e instrumento de informação/formação que, em última análise, deveria continuar sendo instrumento de transformação social? Bem, o prejuízo é que, não se valorizando mais o bom profissional da escrita e o resultado disso chega a ser muitas vezes deplorável, jornalisticamente falando, sob todos os aspectos.

Mas, como tudo na vida, ‘enquanto uns choram, outros vendem lenço”, há quem tire proveito disso. Ou seja, se para os amantes da boa escrita, grande parte do que se lê, deixa a desejar, para a esmagadora maioria dos clientes de tais blogs, isso caio como uma luva, na medida em que, diante da proliferação de blogueiros amadores, o que interessa é que se “copie e cole”, por exemplo, as agendas diárias deles (empresários, políticos etc), a preço de banana ou menos que isso.

Diante do glamour de se passar por jornalista, aceita-se valores irrisórios. No final das contas, os referidos “consumidores” se tornam conhecidos do público, com todos os movimentos por ele implementados, sobre o que faz e aonde quer que vá.

Não se dão conta que, para jogar no ar, informações verídicas e de qualidade, necessitam os comunicadores de uma boa plataforma, devidamente hospedada em provedor que cobra caro e não é só isso.

Necessitamos, nós, os blogueiros, dos novos profissionais – gestor de trafego, social mídia e mais uma penca de outros experts digitais – sem os quais não produzimos a tempestade de notícias, em tempo real e com a qualidade exigida.

No meio de tudo isso, necessita-se de computador, internet (muita vez de sinal ruim e caro), além de energia e outros adereços logísticos atinentes. O cliente sequer sabe que é assim que a banda toca e a ele não interessa se há ou não complexidade na produção do que possa se referir à ele ou ao seu negócio.

Em suma, via de regra, a vida de quem faz jornalismo sério e competente, é mais do que complexa. é via- crucis, mesmo!

Compartilhe e faça opinião!

*Comento, argumento. Só não invento!

__________________________________

Contatos do editor do Blog:

WhatsApp: (81) 98732.5244.

Facebook: Luís Machado.

Instagram: @Luís Machado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes