BLOG LUÍS MACHADO. ANDERSON NA MIRA DO ELEITOR JABOATONENSE. Terça-feira, 05.07.2022

Cartaz que circula nas redes sociais, contra Anderson Ferreira.
  • Não tem sido pequena a indignação dos moradores do Jaboatão dos Guararapes, quando o assunto é a pré-candidatura do ex-prefeito Anderson Ferreira (PL) ao Governo do Estado.

É aquela velha história que passa de geração em geração: “Quem planta colhe!…” Considerado como alguém que governou pensando muito mais num projeto pessoal de poder do que para os jaboatonenses, Anderson Ferreira enfrenta em sua própria Casa (o município continua sendo governado pelo Grupo político dos Ferreira) tremenda resistência e já é visível a mobilização de populares nas redes sociais que, a seu modo, dizem NÃO ao ex-gestor.

Quando a campanha estiver a todo vapor, com propaganda política no ar e tudo mais, Anderson vai ter que explicar a todos os pernambucanos, porque não cumpriu a promessa feita (em suas duas campanhas a prefeito) de recuperar o Mercado Público de Cavaleiro, o funcionamento da Maternidade Rita Barradas que só recentemente passou a funcionar e ainda assim, muito precariamente.

Anderson terá que explicar porque transferiu a sede administrativa do Governo para um Centro Administrativo, na Estrada da Batalha, cujo pagamento de aluguel mensal gira em torno dos R$ 450 mil mensais (já teria pago cerca de R$ 20 milhões), sem falar nas despesas de conservação e funcionamento, cujo montante daria para construir um moderno Complexo Administrativo e livrar o Município do aluguel.

E não é só: Vai ter que explicar as razões de gritar aos quatro cantos ter sido em seu Governo que implementou-se políticas públicas ensejadoras dos dois prêmios concedidos pela ONU a Jaboatão, quando é notório terem sido uma conquista da gestão do ex-prefeito Elias Gomes. Terá que mostrar os números em relação à qualidade de vida, com emprego e renda, à população, que teriam justificado o reconhecimento da Agência Austin Rating, semana que passou.

Mas não fica por aí. Terá que prestar contas aos jaboatonenses, no quesito saneamento básico. Afinal, segundo dados do IBGE, o Município continua entre as 20 piores cidades do Brasil, neste aspecto. Mas terá que desmentir com números irrefutáveis está Jaboatão entre as piores cidades do Brasil para se abrir uma empresa. E terá que provar o “saneamento” das contas públicas e equilíbrio fiscal do Município, declaradas em entrevista na semana passada, ao presidente do Tribunal de Contas do Estado TCE, Ranilson Ramos.

Como se vê, não são infundadas as críticas e cobranças do povo, quando desqualifica o projeto de candidatura de Anderson Ferreira, em querer governar Pernambuco, quando o mesmo sequer conseguiu governar Jaboatão dos Guararapes!

*compartilhando essa matéria, você faz opinião!

_________________________________

Comento, argumento. Só não invento!

Contatos do editor do Blog:

WhatsApp: (81) 98732.5244.

E-mail:machado_country@hotmail.com

Facebook: Luís Machado.

Instagram: @luismachado

Twitter: @LuisFereiraMa4.

Deixe um comentário

Posts Recentes