BLOG LUÍS MACHADO – Coluna do Domingo: INSENSATEZ E CONFUSÃO, são ameaças reais ao Brasil e ao mundo

  • Tem horas que você se pergunta: Será que as pessoas que desistiram de acompanhar o noticiário, pela imprensa e redes sociais em geral estariam mesmo equivocadas? Pode até ser que sim Mas que dar vontade, isso dá. É que a sensação de que tudo parece confuso e a humanidade caminha cada vez mais para níveis críticos de insensatez.

Saber que Joe Biden,o presidente dos EUA, maior potência econômica e militar do Planeta passou a instigar a Suprema Corte de lá, por causa da decisão atinente a proibição do aborto, nos assusta a todos. Isso, pelo fato de ser aquele País exemplo ao mundo livre e democrático, no quesito independência dos poderes. Fosse no Brasil, vá lá que seja! Biden está, por incrível que pareça, colocando os americanos irresignados favoráveis ao aborto, contra o Judiciário de lá, imitando, no quesito insanidade, seu adversário e tresloucado Donald Trump. E como se não bastasse, até o primeiro ministro do Reino Unido Boris Johson bem como o presidente da França, Emmanuel Macron, fizeram coro às críticas e ingerências do líder americano que, malgrado se dizer católico, é abertamente favorável ao assassinato de crianças, no ventre de suas mães.

Mas nem precisamos sair do Brasil, para constatar que, nunca antes precisamos tanto de pessoas capazes de serem o ponto de equilíbrio; de ser aquela voz que possa ser ouvida, em momentos cruciais, a exemplo do que se dava em passado não muito distante, quer sejam pessoas da política, da Igreja ou do mundo das artes, por exemplo.

Onde estão os “faróis” a iluminar um governador Paulo Câmara da vida que, no exato momento tormentoso e de perplexidade da tragédia chuvosa que se abatera há poucos dias no Grande Recife, que em apenas duas canetadas destinou R$ 90 milhões para publicidade do seu Governo (propaganda já está no ar, falando das “mil maravilhas”), bem como para juízes e desembargadores (esposa dele é juíza de direito), como se a prioridade não fosse socorrer, com urgência, milhares de desesperados, famintos e desabrigados, vítimas do mau tempo? Como entender que o TCE e os deputados aliados dele baixem suas cabeças e sejam os mesmos a pedirem o voto das mesmas pessoas desvalidas, daqui a três meses? Como entender isso?

Como entender que o prefeito do Recife, volte atrás e realize um “São João fora de época” nas próximas duas semanas, período esperado como de nova explosão dos casos de Covid-19 que voltou a crescer substancialmente?

Como entender que o ex-prefeito do Jaboatão, Anderson Ferreira, agora pré-candidato a governador, indique a cúpula administrativa do Metrô do Recife, mas não dê um passo, junto a Bolsonaro, seu correligionário, para salvar o referido meio de transporte que está à beira de um colápso, apesar do modal que liga Cajueiro Seco transportar diariamente centenas de milhares trabalhadores, no Grande Recife? Será justo que, já que os Ferreira não agem, Sindicato dos Metroviários é que fica “mendigando” ajuda, em Brasília, batendo cabeça em Ministérios que prometem, porém não atendem?

Evidente que, se fôssemos elencar aqui os flagelos porque passa a população brasileira, precisaríamos publicar acerca disso o mês e talvez o ano inteiro e ainda assim, não daríamos conta, por motivos óbvios. Mas uma coisa é impossível não questionar com repulsa e vergonha, que é a situação deplorável pela qual estão passando neste exato momento 22 milhões de brasileiros. Estes, segundo dados oficiais divulgados recentemente, não tem uma refeição diária, sequer. Dependem da esmola de pessoas bondosas, Ongs e associações de caridade, espalhadas Brasil afora. Só que, além destes, há mais 32 milhões em situação de risco – pessoas cuja renda familiar não passa de um salário mínimo mensal – que estão quase igual situação de penúria. Isso num País como o nosso, maior produtor mundial de grãos e de proteína animal (soja, milho, café, carnes, etc) mas que não são produzidas para alimentar o País. São para exportação. Isso, de tão monstruoso, nos humilha e aniquila a todos!

Por fim, isso ainda não é o pior dos mundos, por incrível que possa parecer. O pior é que, se hoje o cenário é sombrio, todos os indicadores são de que num futuro próximo a situação será ainda pior, visto que, qualquer que seja o presidente a ser eleito, a situação econômico-financeira do País se avizinha como quase devastadora, por falta de políticas públicas sérias, voltadas especialmente para os mais necessitados. Enquanto isso, boa parte das chamadas elites políticas continuam a usar parcela do povo como massa de manobra para seus projetos políticos, num cenário em que vale tudo. Até mesmo com mentiras e falta de transparência. Até que poderíamos vislumbrar dias melhores, a partir de 2023. Só que falta consciência e formação política, capazes de mudar o quadro que aí está.

Por tudo isso e muito mais, é que, em nossos dias, insensatez e confusão, são ameaças reais, ao Brasil e ao Mundo.

Rapidíssimas

  • . A fome em PE é notícia nacional – Levantamento realizado pelo Instituto Mobilidade e Desenvolvimento Social (IMDS), divulgado hoje pelo jornal Folha de S. Paulo (e repercutido pelo Blog do Magno), mostra que em 2021, Pernambuco terminou o ano com quase 44% da população na pobreza, cerca de 4,2 milhões de pernambucanos. Isso, se num ano de eleições é assim, o que dirá no ano que vem!

  • . Vai começar a crucificação – Todo ano de eleição é a mesma coisa. Dirigentes de siglas partidárias são tidos como heróis para uns e vilões para outros. Quem ganhar a legenda pra ser candidato, sairá falando bem. Mas quem ficar de fora, vai falar mal, especialmente de quem é presidente de siglas partidárias. A partir de julho, iniciará o Blog Luís Machado, uma série de publicações a esse respeito. Aguardem!

  • . Bolsonaro x Anderson – Ainda repercute, especialmente em Grupos WhasApp matérias contendo a foto de Bolsonaro, com o pré-candidato Anderson Ferreira na garupa da moto. O que dizem em tom jocoso é que o ex-prefeito de Jaboatão é muito engonçado (ao contrário do ex-ministro e candidato ao Senado, Gilson Machado) para motociatas, como aquela de Caruaru. Bem, se é ou não, não deverá ser o caso. O que valeu é que Anderson Ferreira ganhou bem mais visibilidade. Para o bem ou para o mal.

  • . E por falar em Anderson e Jaboatão… – Teria mesmo sentido fazer o pré-candidato Anderson Ferreira propaganda de que uma tal Austin Rating brasileira, em parceria com a Revista IstoÉ outorgaram a Jaboatão um prêmio por ter a administração de Anderson (como prefeito do Município) se destacado nas áreas de Qualidade de Vida, Mercado de Trabalho e Capacidade de Arrecadação? Bem, se vale à pena entrar no mérito da questão, ainda não se sabe. O que se sabe por lá, em Jaboatão é que (nos enviou uma fonte bem informada que pediu anonimato, matéria publicada por um blog congênere), é que Jaboatão está entre os piores municípios do País, para se fazer negócio.

  • . Mais Jaboatão – Para o empresário obter um simples alvará de funcionamento, é algo inacreditavelmente demorado). Mas tudo isso é ilustrado pelo fato de que Anderson não faz qualquer cerimônia em continuar a dizer que dois prêmios entregues a ele, pela ONU, se deram em função de sua eficiência, no campo da educação. Ora, isso virou meme, em Jaboatão, já que tal reconhecimento internacional foi engendrado na Gestão Elias Gomes. Só para ter-se uma ideia, Jaboatão figura entre as 20 piores cidades, em falta de saneamento básico, conforme o IBGE. A pergunta é: De que qualidade de vida se está a referir? E de que mercado de trabalho se refere a outorga? Em termos de capacidade de arrecadação, aí sim, é possível, já que cobrar imposto é com ele mesmo. Dizem que aprendeu com o governador Paulo Câmara.

  • . Arnaldo Delmondes e Socorro Pimentel – Como “quem é coxo parte cedo” os pré-candidatos a deputado federal e estadual, Arnaldo Delmondes e Socorro Pimentel (ambos do União Brasil), já não lembram da última refeição feita em casa. É que eles mapeiam e percorrem o Estado inteiro, na formatação de alianças. Arnaldo foi candidato a prefeito de Jaboatão em 2020, enquanto Socorro perdeu por apenas 450 votos. Esta deverá ser uma das mais votadas, enquanto Arnaldo diz que só no meio espírita – onde ele é graúdo – são 20 mil adeptos. Somando-se isso aos Rodoviários clientes dele e ex-xepeiros da Casa do Estudante, já é grande trunfo, sem falar na família dele que segundo disse ao Blog, são cerca de 10 mil, espalhados pelo Estado.

  • . Miguel Coelho e Eliezer Costa – Eliezer avisa que será nesta terça-feira (28.06.2022 às 19:00h) o lançamento de sua pré-candidatura a deputado federal, pelo União Brasil, no Lounge Music, situado na Avenida Bernardo Vieira de Melo, 1300 (que, no sentido Piedade-Recife, fica após o Market Place), ao lado do Bóris Berenstein-Piedade. Miguel está de olho nos 450 mil eleitores do Município, segundo maior colégio eleitoral, só perdendo pra Capital. Certamente que será um evento muito concorrido.

  • . PT x Bolsonaro – Uma pergunta está no ar: Por que o PT está assim tão calado, acerca das denúncias de tráfico de influência do ex-ministro Milton Ribeiro, que já respingam no presidente? Orta, em outras circunstâncias já teria pedido o impeachement de Bolsonaro. Acho que é porque querem ver Bolsonaro sangrar até o dia das eleições que por sinal, estão muito próximas. Mas, se houvesse tempo, eles fariam isso ou deixariam quieto, com medo de que Ciro Gomes pudesse criar asas e derrotar Lula no Segundo Turno?

*Compartilhando, você faz opinião?

_______________________________________

Comento, argumento. Só não invento!

Contatos do editor:

WhatsApp: (81) 98732.5244.

E-mail: machado_country@luismachado.com.br

Facebook: Luís Machado.

Instagram: @luismachado.

Deixe um comentário

Posts Recentes