BLOG LUÍS MACHADO – Domingo, 03.04.2022

Silvio Costa Filho quase tira o tapete de filiada ao Republicanos

Silvio Costa Filho - Publicações | Facebook
  • Montar qualquer chapa às eleições, por parte de dirigentes partidários, nunca foi tarefa fácil. Exige alguns atributos e nem todos os líderes os têm. Para isso, o dirigente precisa ter palavra e passar confiança a quem se propõe candidatar-se ao cargo que o conduza ao posto representativo, numa das esferas de poder: Executivo ou legislativo. Obviamente que isso vale também para quem se filiou, em relação ao Partido.

Quem acompanhou a movimentação de pré-candidatos e partidos, especialmente nas últimas semanas, sabe que não foi fácil, por conta da complexidade pertinente ao próximo pleito, frente à legislação eleitoral. Tudo isso é compreensível e aceitável. Mas quando alguma coisa foge a esses parâmetros, a dor de cabeça é tremenda. Traz o blog um relato de um tremendo estresse que ocorreu ontem, ao apagar das luzes, envolvendo o Partido Republicano (Diretório estadual) e Yara Marques, de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife, como se lê, na íntegra, o que nos enviou a citada liderança:

Pode ser uma imagem de 2 pessoas e área interna
  • “Quero aqui externar o sentimento de decepção a cerca da elite política. Fui convencida a me transferir do partido pelo qualque estava propensa a sair candidata a deputada, pelo partido Republicanos. Sentada, frente a frente com o atual presidente estadual do partido, falei do meu receio que tinha de ficar no partido, pois a elite do Ipojuca (no qual o deputado tem influência) poderia não permitir minha candidatura. Olhando em meus olhos, Silvio Costa Filho me garantiu que seria candidata; que ninguém tiraria minha candidatura e que não faria comigo o que não gostaria que fizesse com ele.Mas no dia de hoje 2 de abril, um assessor dele me envia uma mensagem dizendo que cometeu um erro, e eu não poderia ser mais candidata pelo partido. Assim, tentaram sabotar minha candidatura.

Será que é por essa e outras que, uma vez eleitos, muitos políticos sempre que puderam, deram as costas aos partidos, pelos quais se candidataram?

*Compartilhe essa ideia e faça opinião?

___________________________________________

Comento, argumento. Só não invento?

Contatos do editor:

Whatsapp: (81) 98732.5244.

E-mail: machado_country@hotmail.com

Facebook: blogluismachado.com.br

Instagram: @luís machado.

Este post tem 6 comentários

  1. 996529199

    A traição e falta de palabra que esses políticos fezem em estes casos onde são perjudicados injustamente pré candidatos honestos e de bom carater é a mesma traição que fazem ao povo quando são eleitos em seus cargos públicos e não cumprem com seus deveres políticos e morales corretamente.
    É assim que desta forma governam os ineptos, dando as costas e mintindo descaradamente ao povo que os colocou no cargo e que estes sujetos sem merecer ” usurpan” impunemente.

  2. João Cid Freitas de Medeiros Júnior

    Parabéns pelo texto imparcial, relatando um fato sem envolver-se e tomar partido de qq dos lados que faz o relato!!

  3. João Cid Freitas de Medeiros Júnior

    Parabéns pelo texto imparcial, relatando um fato sem envolver-se e tomar partido de qq dos lados que faz o relato!! Pura demonstração de amadurecimento

  4. João Cid Freitas de Medeiros Júnior

    Congratulações ao amigo pelo texto imparcial, relatando um fato sem envolver-se e tomar partido de qq dos lados que faz o relato!! Pura demonstração de amadurecimento

  5. 996529199

    Yara Marques é uma mulher guerreira, em sua caminhada onde passa deixa rastro de carinho e bondade.
    É uma mulher que se coloca a frente na defesa da população Ipojucana, o que fizeram com ela foi um golpe baixo.
    Esses políticos podem ter poder, mas não moral política, não tem palavra, fazem teatro para iludir os eleitores.

Deixe um comentário

Posts Recentes