Blog Luis Machado

Notícias

BLOG LUÍS MACHADO. Fernando Dueire quer homenagem a Dom Hélder

BLOG LUÍS MACHADO. Fernando Dueire quer homenagem a Dom Hélder

BLOG LUÍS MACHADO. Fernando Dueire quer homenagem a Dom Hélder

BLOG LUÍS MACHADO. Fernando Dueire quer homenagem a Dom Hélder

Senador Fernando Dueire propõe homenagem a Dom Hélder Câmara no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria

  • No mês em que é lembrada a data de falecimento de Dom Hélder Câmara, o senador Fernando Dueire (MDB-PE) apresentou um projeto de lei que inscreve o nome do religioso no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. A proposição destaca o legado significativo e o compromisso de Dom Hélder com os mais necessitados, reconhecendo sua importância histórica para o Brasil. O Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, localizado no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília, é um símbolo nacional que honra aqueles que atuaram para a construção e desenvolvimento do País.

Dom Hélder Pessoa Câmara, conhecido como “O Dom da Paz”, foi um notável arcebispo católico brasileiro, defensor dos direitos humanos e incansável lutador pela justiça social. Nascido em Fortaleza, Ceará, em 7 de fevereiro de 1909, ele se destacou por sua dedicação em prol dos mais desfavorecidos, buscando sempre promover a dignidade humana e combater as desigualdades.

Ordenado presbítero da capital cearense aos 22 anos, exerceu o cargo de diretor do Departamento de Educação do Estado do Ceará. Em 1936, se tornou bispo-auxiliar da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. Sempre atento às necessidades de seu tempo, fundou a Cruzada de São Sebastião, com a missão de viabilizar condições decentes de moradia, e fundou o Banco da Providência, para atendimento creditício às pessoas em condições de miserabilidade – inicialmente no Rio e, mais tarde, em Pernambuco. Em 1952, Dom Hélder ajudou a criar a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Sua fase de vida mais marcante ocorreu em 1964, quando, pouco antes do golpe militar, foi nomeado pelo Vaticano Arcebispo de Olinda e Recife, cargo que exerceria até sua aposentadoria, em 1985. Nesse período, se tornou uma voz firme na luta do povo brasileiro pelo retorno do Estado Democrático de Direito. Tornou-se um dos mais premiados brasileiros, tendo sido quatro vezes indicado ao prêmio Nobel da Paz.

“Durante sua vida, Dom Hélder Câmara desempenhou um papel fundamental na defesa dos direitos civis e sociais dos menos favorecidos. Permaneceu como uma voz incansável dos marginalizados. Sua atuação como líder religioso transcendeu fronteiras e convicções, impactando positivamente a sociedade brasileira e inspirando muitos a se envolverem em causas humanitárias”, afirma o senador pernambucano.

Ao apresentar este o projeto, Dueire pretende reconhecer a importância de eternizar o legado de Dom Hélder Câmara como um verdadeiro herói da pátria. “A proposta visa não apenas celebrar suas ações históricas, mas também transmitir sua mensagem de compaixão e solidariedade às futuras gerações”,completa o senador. A matéria já tramita no Senado Federal. A senadora Teresa Leitão (PT-PE) será designada relatora na Comissão de Educação e Cultura, colegiado que deverá aprovar o projeto antes de remetê-lo ao plenário da Casa.

Compartilhe e faça opinião!

*Comento, argumento. Só não invento!

________________________________

Contatos do editor do Blog:

WhatsApp: (81) 98732.5244.

Facebook: Luís Machado.

Instagram: @Luís Machado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes