BLOG LUÍS MACHADO – INSENSATEZ E CONFUSÃO, são ameaças reais ao Brasil e ao mundo – Segunda-feira, 27.06.2022

  • Repercussão da matéria publicada neste domingo que, dado à grande repercussão, voltamos a publicar:

… Mas nem precisamos sair do Brasil, para constatar que, nunca antes precisamos tanto de pessoas capazes de serem o ponto de equilíbrio; de ser aquela voz que possa ser ouvida, em momentos cruciais, a exemplo do que se dava em passado não muito distante, quer sejam pessoas da política, da Igreja ou do mundo das artes, por exemplo.

Onde estão os “faróis” a iluminar um governador Paulo Câmara da vida que, no exato momento tormentoso e de perplexidade da tragédia chuvosa que se abatera há poucos dias no Grande Recife, que em apenas duas canetadas destinou R$ 90 milhões para publicidade do seu Governo (propaganda já está no ar, falando das “mil maravilhas”), bem como para juízes e desembargadores (esposa dele é juíza de direito), como se a prioridade não fosse socorrer, com urgência, milhares de desesperados, famintos e desabrigados, vítimas do mau tempo? Como entender que o TCE e os deputados aliados dele baixem suas cabeças e sejam os mesmos a pedirem o voto das mesmas pessoas desvalidas, daqui a três meses? Como entender isso?

Como entender que o prefeito do Recife, volte atrás e realize um “São João fora de época” nas próximas duas semanas, período esperado como de nova explosão dos casos de Covid-19 que voltou a crescer substancialmente?

Como entender que o ex-prefeito do Jaboatão, Anderson Ferreira, agora pré-candidato a governador, indique a cúpula administrativa do Metrô do Recife, mas não dê um passo, junto a Bolsonaro, seu correligionário, para salvar o referido meio de transporte que está à beira de um colápso, apesar do modal que liga Cajueiro Seco transportar diariamente centenas de milhares trabalhadores, no Grande Recife? Será justo que, já que os Ferreira não agem, Sindicato dos Metroviários é que fica “mendigando” ajuda, em Brasília, batendo cabeça em Ministérios que prometem, porém não atendem?

Evidente que, se fôssemos elencar aqui os flagelos porque passa a população brasileira, precisaríamos publicar acerca disso o mês e talvez o ano inteiro e ainda assim, não daríamos conta, por motivos óbvios. Mas uma coisa é impossível não questionar com repulsa e vergonha, que é a situação deplorável pela qual estão passando neste exato momento 22 milhões de brasileiros. Estes, segundo dados oficiais divulgados recentemente, não tem uma refeição diária, sequer. Dependem da esmola de pessoas bondosas, Ongs e associações de caridade, espalhadas Brasil afora. Só que, além destes, há mais 32 milhões em situação de risco – pessoas cuja renda familiar não passa de um salário mínimo mensal – que estão quase igual situação de penúria. Isso num País como o nosso, maior produtor mundial de grãos e de proteína animal (soja, milho, café, carnes, etc) mas que não são produzidas para alimentar o País. São para exportação. Isso, de tão monstruoso, nos humilha e aniquila a todos!

Por fim, isso ainda não é o pior dos mundos, por incrível que possa parecer. O pior é que, se hoje o cenário é sombrio, todos os indicadores são de que num futuro próximo a situação será ainda pior, visto que, qualquer que seja o presidente a ser eleito, a situação econômico-financeira do País se avizinha como quase devastadora, por falta de políticas públicas sérias, voltadas especialmente para os mais necessitados. Enquanto isso, boa parte das chamadas elites políticas continuam a usar parcela do povo como massa de manobra para seus projetos políticos, num cenário em que vale tudo. Até mesmo com mentiras e falta de transparência. Até que poderíamos vislumbrar dias melhores, a partir de 2023. Só que falta consciência e formação política, capazes de mudar o quadro que aí está.

Por tudo isso e muito mais, é que, em nossos dias, insensatez e confusão, são ameaças reais, ao Brasil e ao Mundo.

*Compartilhando, você faz opinião?

_______________________________________

Comento, argumento. Só não invento!

Contatos do editor:

WhatsApp: (81) 98732.5244.

E-mail: machado_country@luismachado.com.br

Facebook: Luís Machado.

Instagram: @luismachado.

Deixe um comentário

Posts Recentes