BLOG LUÍS MACHADO – Sábado, 08.01.2020

CARNAVAL MOSTRA O LADO PERVERSO DE QUEM PODE

Deputado João Paulo Costa testa positivo para Covid-19
  • Que vivemos num dos Países em que o abismo entre ricos e pobres é vergonhoso – dado à altíssima concentração de renda – isso o mundo inteiro já sabe. O que nem todos se deram conta é que, para os mais ricos tudo e para os mais pobres, nada. E a pandemia mostra essas vísceras vergonhosas das classes sociais, até mesmo em relação ao Carnaval, maior festa popular do planeta.

A propósito, o presidente da Comissão de Esporte e Lazer da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual João Paulo Costa (Avante) defende a manutenção de eventos privados durante o Carnaval. Ele argumenta que o setor segue os protocolos sanitários. “Eu só estou defendendo uma coisa que já defendia, que é a continuidade dos eventos privados. Durante o Carnaval também, desde que haja o controle sanitário”, diz ele.

Ainda de acordo com o parlamentar, os eventos privados são os únicos que podem ter esse controle. “Você comprova que está vacinado para entrar no evento, faz uso de máscara e álcool em gel. Infelizmente, nos eventos públicos não há esse controle sanitário.

A pergunta que se faz a ele e aos demais que são a favor é: Por acaso, uma festa privada como a Indoor, por exemplo (que já reuniu em torno de 70 mil pessoas) pode mesmo ser objeto de controle sanitário? A resposta é NÃO. Evidente que não. Conclui-se, portanto, que tudo parece não passar de tremenda falácia. Aliás, isso nem é mais novidade, em Pernambuco.

Traduzindo: Na visão dessa gente, os que detém condição financeira para pagar caro para brincar, têm o direito de sair de casa. Já os que não têm dinheiro, fiquem em casa e fim de papo. Isso só nos faz acreditar que, para eles, direitos iguais é para os fracos. O povão que se dane!

_____________________________________________

Comento, argumento. Só não invento!

Deixe uma resposta

Posts Recentes