Blog Luis Machado

Notícias

CANDIDATURAS AGUADAS, DE CANDIDATOS INSOSSOS. PODE?

Marketing Político: o que é, qual a sua importância e exemplos | Klickpages

Eles não são criativos e muitos menos inovadores, nas propostas, visando a conquista do eleitor, limitando-se tão somente dizer que, “se for eleito, vou fazer… mundos e fundos”. Isso é muito aguado e sem vida.

Não se vê um candidato sequer, dizer que, caso eleito, vai trabalhar para que, nas instâncias devidas, se diminua o número de vereadores, deputados estaduais e federais, por exemplo. E muito menos se vê alguém dizer que irá trabalhar para que se diminua o valor dos proventos ou que seu prefeito se empenhe em prol das reformas políticas, tributária, administrativa. Isso, simplesmente não existe, para os candidatos a vereador e prefeito. É como se eleitos, eles fossem morar noutro planeta, já que o discurso é o de sempre e nada de novo, lamentavelmente!

Não se vê nenhum deles dizer que, caso eleito, renunciará à pretensão de reeleição, como o fez o atual prefeito de Colatina (ES) Sérgio Meneguelli. Não se vê, na verdade, é nada! Será que não poderiam ser criativos? Quer sejam novos, quer sejam velhos, todos, absolutamente todos os candidatos têm o perfil da mesmice.

E, como se não bastasse, apesar das facilidades surgidas através da Internet, a quase totalidade dos candidatos ainda desacredita na propaganda digital, preferindo o barulho e poluição visual, sem falar na sujeira das ruas. Com isso, veio o inconformismo dos candidatos, junto ao seus partidos e líderes, por conta da falta ou insuficiência de dinheiro, já que as coisas mudaram e já não se pode fazer campanha como antes. Com isso, as badaladas campanhas feitas com sonoridade e cores é coisa do passado. E por que a maioria dos candidatos não faz campanha pela internet? É porque a maioria deles é composta por pessoas que as vezes mal assinam o próprio nome. Isso dificulta a dinâmica arcaica de sempre. Por conta disso é que temos candidaturas aguadas, de candidatos insossos.

Rapidíssimas

  • Arcoverde dá mau exemplo – Por conta disso foi que o juiz eleitoral da 57ª Zona, Drauternani Pantaleão, suspendeu, no início da tarde desta sexta-feira (23), a realização do único evento ainda autorizado nas campanhas eleitorais de Arcoverde, os drive in. O principal motivo que levou a suspensão deste tipo de evento foi o realizado pela coligação do candidato Wellington da LW (MDB) domingo passado que provocou enormes aglomerações, contrariando determinação anterior da justiça eleitoral. Com isso, o drive in previsto para a noite desta sexta-feira pela coligação União por Arcoverde não pôde ocorrer.

  • Marília e João têm raiva de saneamento? – É que, quando da votação, no Congresso Nacional, Marília Arraes e João Campos – ambos candidatos a prefeito do Recife -, votaram contra o novo marco do saneamento básico. Agora como candidatos, estão a dizer que querem fazer sanemento básico. Ou é sacanagam, para enganar o eleitorado ou é mesmo falta de óleo de peroba, nas prateleiras dos supermercados. Só sendo!

  • Arnaldo Delmondes é primeiro turno? – Como o brasileiro parece esquecer das coisas muito rapidamente, está o blog a perguntar: Arnaldo Delmondes (PCdoB) vai mesmo ser eleito, no primeiro turno? É o que o leitor quer saber, já que o próprio candidato afirmou isso.

  • Papa Francisco – Estão a dizer que o Papa é a favor da viadagem. É isso mesmo ou estão querendo pegar no pé de Bergóglio?

  • Irmão Elias é candidato – Disseram ao editor do blog, lá no Mercado das Mangueiras-Prazeres que, o Irmão Elias 35.165, do PMB teve 15 votos nas eleições passadas, mas que desta vez vai se vingar. Diz que só precisa de uma cadeira daquelas lá da Câmara de Vereadores de Jaboatão. Pense num político de proa!

  • Pelé faz 80 anos – Faz 80 anos e o mundo reverencia o Negão de Três Corações (MG). Lenda viva, Pelé e Coca-Cola são os dois nomes mais conhecidos no Planeta Terra. Alguém duvida disso?

  • E a maldita vachina? – Com toda essa celeuma em torno da vacina chinesa, alguém vai mesmo ter coragem de dá o braço à agulha chinesa? Eu, hein!

  • Dodô, um eleitor fanático – Ele está no ar, 24h. Josinaldo Maria, que é também advogado colega nosso e dos bons, já sabe. Bolsonaro sequer sabe de sua existência e que, para Dodô, faz o presidente parte da mitologia tupiniquim. Qualquer gesto de Josinaldo, lá está Dodô, para “proteger o mito”. Eita lá!…

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do editor do Blog Luís Machado: (81) 98732.5244.

Banco de Alimentos

2 thoughts on “CANDIDATURAS AGUADAS, DE CANDIDATOS INSOSSOS. PODE?

  • Áurea Oliveira

    Caro leitores deste blog bom dia, ótima matéria. Quem vai trabalhar para o povo não precisa falar e sim demonstrar, pois quem muito promete nada faz.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá