Blog Luis Machado

Notícias

CONSPIRAÇÃO E FRITURA, CONTRA A DELEGADA PATRÍCIA DOMINGOS.

Patrícia Domingos Archives - Blog Edmar Lyra

Além de ser mulher, não fez carreira política mas, ao contrário, foi ser delegada de polícia, cuja atuação profissional bateu de frente exatamente com profissionais da política. Seu partido se opõe aos partidos de esquerda, especialmente PT e PSB. Por ainda não ter “jogo de cintura” no trato com setores que fazem opinião é tratada com desdém e até desconfiança. Estamos falando da delegada de polícia, Patrícia Domingos, pré-candidata a prefeita do Recife, pelo Podemos.

Patrícia Domingos que, malgrado não ter sido sequer vereadora, desponta com chances reais de ser prefeita de uma das Capitais mais importantes do Nordeste e que é vitrine do cenário de 2022. Isso tira o sossego do sistema que manda na Capital como Capitania Hereditária, há cerca de 20 anos.

Ora só isso basta para que já se perceba uma verdadeira orquestração de “fritura” ao nome dela, especialmente por não ter esperado a banda passar, nas intermináveis conversas com Daniel Coelho e Mendonça Filho, por exemplo, visando a formação do que se preconiza como Frente Ampla contra a esquerda detentora do Poder local. Isso irritou caciques dos partidos de Oposição, no Estado. E não esperou por quê? Porque ela sabe que os citados líderes jamais abdicariam de seus respectivos projetos pessoais de poder.

Só que, para minar as chances dela, suscitam situações injustas para desqualifica-la, tais como apoiar ou não Bolsonaro; ser “forasteira” e ser contra pautas defendidas pela esquerda, como aborto, homoafetividade, etc., como se isso fosse determinante ao sucesso ou insucesso do prefeito da Cidade.

Sabe ela também que, malgrado o pequeno tempo na TV, não sofre de rejeição ao seu nome e representa o novo, a mulher, o sangue novo e oxigenação na política e que, uma vez eleita, já traz o selo e a marca anticorrupção, flagelo infernal que assola e esfola o povo, sob todos os aspectos. Isso sem contar que, agora já nem precisa de muito dinheiro, partido forte e padrinhos políticos, já que as redes sociais abriram caminho para autonomia de voo de quem de fato, representa os valores verdadeiramente republicanos. Por tudo isso e muito mais, SE NÃO LHE TIRAREM O TAPETE, prepare ela o lombo e tenha muito estômago, porque a pancadaria será grande, como poucas vezes antes, na história da sucessão municipal, da Cidade do Recife.

COMPLÔ NO CABO DE SANTO AGOSTINHO?

Lula, Resende, Elias e Keko empatados no Cabo : Nill Junior


Notícias de denúncias é o que não para de chegar, acerca da pré-campanha dos atores da política, no Cabo de Santo Agostinho. E como não seria diferente, os políticos citados em tais denúncias, elegeram obviamente como alvo de ataque, aquele que já é tido como fator surpresa, que o delegado Resende (Podemos), bombardeado por todos os lados – especialmente por Lula Cabral e Elias Gomes, velhos caciques locais, além de outros nomes menos expressivos. Também pudera! Resende é fortíssimo concorrente e apontado como detentor de reais chances de ser eleito. E para completar, já viraliza nas redes sociais que até o jornalista e blogueiro Magno Martins, em parceria com um certo Instituto Potencial, da Bahia, entrou no cirquito para chafurdar ainda mais o cenário. Magno através de “pesquisa” forjada, segundo se comenta por lá, apresenta quatro candidatos que segundo ele estariam empatados.

A controvérsia justifica-se pelo fato de que os concorrentes do delegado Resende são conhecidos políticos acusados de desmandos administrativos. Exemplo disso é o atual prefeito Lula Cabral (PSB) que há meses foi preso pela Polícia Federal e responde a processos, na Justiça. Ora, num cenário em que Lula, Elias e Keko estão implicados, é de se esperar que, com a notória revolta do povo (com estes, além de Vereador e servidores a eles ligados que foram presos, semanas atrás), diante da roubalheira, os índices de aprovação de tais pré-candidatos sejam baixíssimos. Só que, ao contrário disso, Magno Martins diz que Lula estaria à frente de todos os candidatos, a saber: Lula (22%), Delegado Resende (20%), Elias Gomes (15%) e Keko do Armazém (14%). Como se isso fosse pouco, circula nas redes sociais que a também blogueira Noélia Brito teria apurado que na verdade o citado Instituto, em parceria com Martins forjaram pesquisas em Olinda, Recife e Jaboatão, visando fins para lá de escusos. Pelo visto, a temperatura lá, será altíssima e no meio da fogueira, o povo que sofre cada vez mais!

Congresso derruba veto ao uso obrigatório de máscara em escola e comércio

Dezesseis deputados são eleitos ao Senado e quatro senadores vão à ...

Pelo Portal G1.

Deputados e senadores decidiram nesta quarta-feira (19), em sessão conjunta do Congresso Nacional, derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro a um trecho do projeto que obriga o uso de máscara em escolas, comércio, instituições de ensino, igrejas e templos.

A sessão é feita de forma remota. Os deputados votaram pela manhã, e os senadores, ao fim da tarde. Como ambas as Casas derrubaram o veto, a regra será restaurada e o uso das máscaras em comércios e escolas passará a ser obrigatório.

O projeto que previa o uso obrigatório foi aprovado em junho pelo Legislativo. Ao sancionar a lei, em julho, Bolsonaro justificou que o ponto sobre escolas, comércios e igrejas incluía “demais locais fechados em que haja reunião de pessoas”, o que, no entendimento do governo, poderia ser considerado violação de domicílio (relembre no vídeo abaixo).

As autoridades internacionais de saúde e os especialistas da área recomendam o uso de máscara como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus.

Houve um acordo prévio entre os partidos, e o veto do presidente foi derrubado nas duas Casas.

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscara no comércio e em templos

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscara no comércio e em templos

Outros vetos

O Congresso também derrubou vetos ao projeto que estipula medidas de proteção social para prevenção do contágio do novo coronavírus nos territórios indígenas.

Entre os pontos que haviam sido vetados por Bolsonaro, estava o que prevê distribuição gratuita de materiais de higiene, de limpeza e de desinfecção de superfícies para aldeias ou comunidades indígenas.

Outro item vetado era o que trata da inclusão das comunidades quilombolas certificadas no Programa Nacional de Reforma Agrária.

Insumos para pandemia

Deputados e senadores derrubaram, ainda, o veto a um dispositivo do projeto que trata da importação de insumos para combate à pandemia.

O ponto que havia sido vetado fixa prazo de 72 horas para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conceder autorização excepcional e temporariamente a importação de produtos sem registro.

Terras da União

O Congresso também derrubou vetos a trechos do projeto que altera regras para a transferência definitiva de terras pertencentes à União para os estados de Roraima e Amapá. O Senado ainda vai analisar esse veto.

Um deles autorizava a transferência de terras federais ainda não georreferenciadas. O georreferenciamento é uma ferramenta usada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para delimitar a localização do imóvel e, assim, evitar a sobreposição entre terrenos.

Vetos mantidos

Nesta quarta, os deputados também votaram por manter outros 11 vetos presidenciais. Neste caso, os vetos não serão mais analisados pelos senadores. Isso porque, para um veto ser derrubado, as duas casas precisam votar pela sua rejeição.

Desses os 11 vetos, havia acordo para a manutenção de 10, entre eles o que atingia um projeto com ações emergenciais para a área cultural durante a pandemia.

Os deputados analisaram em uma votação separada o veto sobre o qual não havia acordo. Bolsonaro vetou um projeto que suspendia retroativamente e impedia novas inscrições de consumidores inadimplentes em cadastros negativos de proteção ao crédito durante a pandemia.

Maranhão quer gastar R$ 1,6 milhão em “motel para presos”

Governador Flávio Dino (PCdoB-MA) apresenta agenda de ...


Capa da Revista Veja, meses atrás e considerado “Estrela da Esquerda brasileira”, o governador do Maranhão, comunista Flávio Dino (PCdoB), sem qualquer escrúpulo, lançou um edital para a construção de 22 “módulos de encontros íntimos” em penitenciárias do Estado. A informação foi dada pelo colunista Guilherme Amado, da revista Época. Segundo informado, o valor previsto para a licitação é de R$ 1,6 milhão. As unidades deverão ser construídas em 11 unidades prisionais dentro de um prazo de dois meses “contados a partir da data de emissão da ordem de serviço”

De acordo com o edital, cada um dos 22 módulos terá três salas íntimas, dando um total de 66 salas. Destas, 36 deverão ficar em presídios em São Luís e as outras 30 no interior do estado.Como justificativa para a medida, o governo do Maranhão afirmou que a licitação “visa a criação de condições favoráveis, para a implantação de todas as diretrizes necessárias a um sistema prisional de qualidade”.

Olha… Não há dúvida que o sistema carcerário brasileiro sempre esteve abaixo da crítica. Mas, para tudo tem que haver uma razoabilidade. Afinal, numa época de recessão brutal e falta de tudo, num País quebrado, sendo o Maranhão historicamente um Estado com o segundo ou terceiro pior indicador de condições de vida humana (IDH) do País, cujo governador em consórcio com outros oito do Nordeste praticamente puseram outra faca nos peitos do Bolsonaro, por dinheiro ao Covid-19, isso é uma verdadeira LOUCURA. Ufa! Até quando?

Rapidíssimas

  • Bolsonaro perdeu – Será que o Presidente da República, Jair Bolsonaro precisaria mesmo assumir o ônus de um desgaste tão desnecessário, feito esse de ter que engolir do Congresso a derrubada do veto dele, quanto ao obrigatório uso de máscaras em Escolas e demais locais públicos? O que ganharia ele com esse bendito veto? Seria fazer média com líderes religiosos que fazem restrição ao uso da endumentária? Ainda que seja, justificaria o veto presidencial?

  • Alberto Feitosa, é ou não é? – Quando todo mundo à Direita gostaria de surfar na onda Bolsonaro, no Recife, um deles – Deputado estadual Alberto Feitosa (PSC) não esconde de ninguém ser o candidato do Presidente. Mas, será que Bolsonaro o nomearia como candidato dele, à sucessão de Geraldo Júlio (PSB)? Tomara que, no jogo doido do xadrez chamado Poder, não tirem o tapete dele, em nome de eventual nome mais forte.

  • Deputados Larissa Tércio/Joel da Harpa – Bombardeio não faltou a estes que, por fazerem barricada, em frente ao Cisam-PE, queriam impedir a realização do aborto da criança vinda do Espírito Santo. Oportunistas sem vergonhas foi o de menos feio que vi na rede mundial de computadores, contra eles.

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do editor do Blog Luís Machado: (81) 98732.5244.

Banco de Alimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá