Blog Luis Machado

Notícias

DANIEL COELHO & ANDERSON FERREIRA, NO CIRCUITO DA PROSTITUIÇÃO, EM JABOATÃO

Daniel Coelho anuncia apoio do Cidadania a reeleição de Anderson ...

Isso mesmo. Prostituição é o adjetivo mais aplicável ao “modus operandi” do prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PL), quando o assunto é aliança, visando sua reeleição. Segundo comentários, já seriam 13 partidos a constituírem “frente ampla” que, na verdade, deveria chamar-se Loteamento de cargos, já que, sem exceção, todo “apoio” preconiza o esquartejamento da máquina administrativa entre os dirigentes partidários, se reeleito for.

Mas, isso tem um porquê. Anderson (leia-se a Família Ferreira) é perspicaz e tem olho clínico pra ver que, no cenário político estadual, existem no máximo três grupos capazes de costurar o candidato sucessor do governador Paulo Câmara, em 2022 e os Ferreira são apontados como um desses Grupos.

Para isso, como o pleito municipal é só ante sala de 2022, quanto mais “companheiros” tiver no seu palanque e depois na folha de pagamento, melhor. Nem que para isso, o prostituído tráfico de influência seja apenas um detalhe. Ou seja: cargos são fortíssima moeda de troca, no balcão de negócios da municipalidade jaboatonense, rumo ao Palácio do Campo das Princesas. É aí que entram Daniel Coelho, André de Paula, Jarbas Vasconcelos, Armando Monteiro, gato e cachorro, no linguajar popular.

Especificamente falando acerca de Daniel Coelho, é ele presunçoso e até precipitado. São estes os adjetivos aplicáveis ao mesmo. Ávido pela cadeira de prefeito do Recife, chegou ao ponto de, combinado com a prefeita Raquel Lyra (PSDB) de Caruaru, publicar uma “pesquisa” há cerca de dois meses, por um tal Instituto Simplex, o qual lhe conferiu a “liderança”, rumo à prefeitura da Capital. Só que isso foi um tiro no pé, vez que interpretado como querer empurrar de goela abaixo, apoio a si, por Patrícia Domingos e Mendonça Filho. A primeira já se lançou e Mendonça, sem perspectiva de aliança, por motivos óbvios.

Todavia, não se pense que a “coalizão” de Anderson preconize descentralização do Poder. Muito pelo contrário. Lá, tudo gravita em torno da Família. Diante do projeto de alçar voos mais altos – ao Governo do Estado -, não quer como presidente do Legislativo, alguém fora do círculo familiar. Próximo presidente da Câmara está sendo cuidadosamente trabalhado para assumir, em janeiro, já que tem (a eleição) garantida, dado seu poderio econômico. Trata-se do parente Pastor Ginaldo, da Assembleia de Deus, no Jordão, aonde congrega há muitos anos o patriarca do clã, deputado estadual, Manoel Ferreira. Trocando em miúdos, Jaboatão continuará no mato sem cachorro e resumindo: Daniel Coelho é mais uma peça no tabuleiro do xadrez do Anderson, em Jaboatão.

Agronegócio bate recordes e amplia mercado apesar de pandemia de Covid

Impacto da covid-19 no agronegócio brasileiro ainda é incerto ...

Pelo menos uma notícia boa, tem que ser dada. Em meio à retração generalizada da economia, o campo tem sido uma exceção. Com injeção pesada de tecnologia em todas as etapas do processo produtivo e câmbio favorável, o agronegócio, único setor que cresceu no País, vem conseguindo driblar os gargalos de infraestrutura e cravar sua competitividade no cenário internacional. Neste ano, a produção de soja, carro-chefe do agricultura brasileira, deve ultrapassar a barreira das 100 milhões de toneladas.

A nova safra recorde vem apesar de irregularidades climáticas que assolaram seis Estados, incluindo os principais produtores – Mato Grosso e Paraná. Mesmo assim, o País deve produzir 101,2 milhões de toneladas de soja, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Com esse resultado e o crescente ganho de produtividade, o Brasil, que já é o maior exportador do grão, caminha para ultrapassar a produção dos EUA nas próximas safras.

Só para se ter uma ideia, o produtor brasileira ainda nem fez o plantio mas já vendeu toda a safra. Essa também é a expectativa do superintendente técnico da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), Bruno Lucchi. “Se as previsões de queda de área nos EUA e aumento no Brasil se confirmarem, a produção brasileira deverá ficar muito próxima da dos EUA.”

Vice de candidato americano já cobrou de Jair Bolsonaro

Vice de Biden já cobrou Bolsonaro sobre ação na Amazônia

Anunciada nesta terça (11) como vice de Joe Biden na disputa pela Casa Branca, Kamala Harris já defendeu que os EUA suspendessem negociações comerciais com o Brasil pelo que chamou de falta de compromisso do governo Jair Bolsonaro com a proteção da Amazônia.

Em agosto do ano passado, a senadora pela Califórnia juntou-se ao coro de democratas que cobraram o governo Bolsonaro sobre o tema após a repercussão internacional negativa do aumento das queimadas na Amazônia. Humm!!! Se ela chegar ao poder… Pense!

MEC AMARGARÁ CORTE, EM TORNO DE 1,4 BI

Ministério da Educação (Brasil) – Wikipédia, a enciclopédia livre

Ministério da Educação vai cortar parte do orçamento de despesas discricionárias de universidades e institutos federais em 2021 em comparação com 2020. O valor deve chegar a R$ 1,4 bilhão, segundo informaram a pasta e o Conif (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica). O montante representa 18,2% de corte nos gastos discricionários em cada setor. No caso das universidades federais, a redução significará R$ 1 bilhão, aproximadamente, no ano que vem, segundo o Ministério da Educação. O corte também foi confirmado pela Andifes (Associação Nacional das Instituições Federais de Ensino Superior). Relacionadas SP adia volt… – Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/2020/08/07/mec-deve-cortar-18-do-orcamento-de-universidades-e-institutos-em-2021.htm?cmpid=copiaecola

Rapidíssimas

  • . Arnaldo/Adelson/Resende – Arnaldo Delmondes (PCdoB), Adelson Veras (PRTB), ambos de Jaboatão e delegado Resende (Podemos), do Cabo, têm uma coisa em comum: Crença inabalável, na vitória.
  • . Partido do Vice-Presidente – Um colega advogado me perguntou acerca de Partidos políticos e sobre candidatos, em Jaboatão dos Guararapes. Quanto a nomes, não vai ao caso mas, quanto aos partidos, falei acerca de minha impressão sobre pelo menos três deles. Esqueci de mencionar o Partido do Presidente da República, Gal Hamilton Mourão, PRTB. Alguém votaria num partido só porque a ele pertence determinada personalidade?
  • . Candidato conhece o Partido? – Se fizer uma pesquisa com candidatos a prefeito e vereador, acerca do estatuto partidário ao qual fazem parte, conheceriam eles os estatutos dos partidos aos quais se filiaram?
  • . Ainda falando em partidos – Alguém aqui saberia dizer em que consiste o chamado mandato compartilhado de parlamentares, no Brasil?
  • . Pesquisa comprada? – E sobre as pesquisas feitas por institutos desconhecidos, vale à pena acreditar nelas ou seriam feitas por encomenda, visando influenciar o eleitor desavisado?
  • . Coronavírus em transporte coletivo – Foi feita uma pesquisa em que mostrou que, a maioria das pessoas contaminadas pelo vírus, necessitam utilizar transporte coletivo. Faz sentido.
  • Mais coronavírus – Segundo pesquisa feita, os maiores índices de pessoas contaminadas estão entre os mais pobres e com baixa escolaridade. Até nisso?
  • Ministro da Economia chuta balde? – Quem assistiu ao que disse o Ministro Paulo Guedes da Economia, não tem dúvida de que se a “debandada” foi impactante, por causa do povo que se escafedeu. Até ele próprio poderá jogar a toalha. Tudo porque, ao invés de cuidar o Governo em fazer as reformas tributária e administrativa, fica é perdendo tempo com questões pouco ou nada interessante ao País. O risco é grande!

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do editor do Blog Luís Machado: (81) 9 8732.5244.

Banco de Alimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá