Blog Luis Machado

Notícias

Dep. Federal, Daniel Silveira é preso por ofensa a ministros do STF

Resultado de imagem para fotos do deputado preso, daniel silveira do psl
Com ares de deboche, deputado Daniel Silveira é conduzido pela Polícia Federal.

Lembram daquela frase por mim bastante usada nas redes sociais (“haja o que houver e passe o tempo que passar, o mal por si só, se destrói”? Pois é. Isso parece está ocorrendo com o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). É que foi o parlamentar protagonista de mais um episódio de brigas envolvendo o uso de máscara.

Na noite desta terça-feira (16), quando chegava ao Instituto Médico Legal (IML) Afrânio Peixoto, localizado no centro do Rio, para fazer o exame de corpo de delito (estava ele preso por ordem do Ministro Alexandre Moraes do STF), o parlamentar brigou com uma policial que pedia para que ele usasse a proteção contra a covid-19 no local. O deputado foi preso em flagrante na noite desta terça-feira (16), em sua própria casa, perto de meia noite, após divulgar vídeos com ataques contra ministros da Corte do Supremo Tribunal Federal (STF).

“A senhora não manda em mim, não. Acha que está falando com vagabundo? Pior coisa é militante petista que faz espetáculo. E se eu não quiser botar [a máscara]?”, discutiu. A policial insistiu para que ele vestisse a máscara, e o deputado retrucou: “Se a senhora falar mais uma vez, eu não boto. Me respeita que você não está falando com um vagabundo, não. A senhora é policial, e daí? Eu também sou polícia e deputado federal”.

Mesmo detido, Silveira usou a chamada ‘carteirada’ para não usar o equipamento de proteção que evita a disseminação da covid-19, alegando que era policial e parlamentar. Esse é o nível de grande parte de nossos parlamentares.

Deputado preso está sendo expulso do PSL

O PSL decidiu expulsar o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) do partido, após o vídeo que publicou com ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Em nota, a direção nacional do PSL informou que está “tomando todas as medidas jurídicas cabíveis” para a expulsão de Silveira. O comunicado afirma ainda que o partido “repudia com veemência os ataques proferidos” pelo parlamentar, classificados como “inaceitáveis”.

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do editor do Blog Luís Machado: (81) 98732.5244.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá