Blog Luis Machado

Notícias

Deputado Coronel Alberto Feitosa diz que postura de Raquel Lyra pode levar ao mesmo fim de Fernando Collor e Dilma Roussef

Deputado Coronel Alberto Feitosa diz que postura de Raquel Lyra pode levar ao mesmo fim de Fernando Collor e Dilma Roussef

Deputado Coronel Alberto Feitosa diz que postura de Raquel Lyra pode levar ao mesmo fim de Fernando Collor e Dilma Roussef

Deputado Coronel Alberto Feitosa diz que postura de Raquel Lyra pode levar ao mesmo fim de Fernando Collor e Dilma Roussef

Nenhuma descrição de foto disponível.

O segundo dia de volta aos trabalhos na Assembléia Legislativa (Alepe) foi de novas criticas a governadora Raquel Lyra. O deputado Coronel Alberto Feitosa citou a fala de ontem do presidente Artur Lira, na abertura dos trabalhos da Câmara dos Deputados. O presidente Artur Lira ressaltou o papel importante e independente do Poder Legislativo em um claro recado ao presidente Lula e a fala foi usada por Feitosa como uma luva para este momento em que o Governo de Pernambuco trava uma briga com a Alepe, Prefeituras e Tribunal de Contas do Estado.

“Artur Lira disse: ‘Fundamental também é lembrar que nossa Constituição garante ao poder legislativo o direito de discutir, modificar , emendar, para somente aí aprovar peça orçamentária oriunda do poder executivo’. Essa fala só reforça o quanto a chefe ou um chefe do poder tem que dar esse exemplo e aqui temos um fato histórico lamentável. Pela primeira vez, um Governo de Pernambuco entra na Justiça contra o Poder Legislativo “, falou Feitosa na tribuna do Plenário.

Raquel Lyra esteve na abertura dos trabalhos legislativos na última quinta-feira, discursou no Plenário e não deu uma palavra aos deputados sobre a ação judicial que moveu no STF contra a Alepe. Dia seguinte o prefeito João Campos entrou com uma ação no TCE contra a decisão da governadora de convocar a devolução de servidores estaduais comprometendo o secretariado da gestão municipal. “Pernambuco é um estado onde a governadora briga com todo mundo. Uma atitude que gera insegurança jurídica, política e econômica afugentando investimentos no estado por parte de empresas o que vai acarretar em falta de geração de emprego e renda. Tudo isso associado a triste realidade de termos o 2o maior ICMS do país! A história do nosso país mostra que gestores que se comportaram de forma intransigente e irresponsável como Raquel Lyra terminaram com um triste fim. A exemplo de Fernando Collor e Dilma Rousseff que sofreram impeachment”, disparou Feitosa.

A fala do parlamentar terminou com um conselho seguido de um apelo: “Raquel Lyra, há tempo de mudar”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes