Blog Luis Machado

Notícias

INTOLERÂNCIA: EIS O NOME DA GRANDE AMEAÇA, NO MUNDO

Encontro inter-religioso celebra combate à intolerância - Click Guarulhos

Se no passado não muito distante, os perigos e ameaças no mundo vinham da violência urbana e do terrorismo internacional, por exemplo, hoje se juntam a estes, outros flagelos do tipo e ninguém pode contestar essa realidade.

Hoje as formas de violência estão diversificadas e a intolerância, embora seja apenas uma delas, se nos apresenta como das mais terríveis, na medida em que seus apelos facilmente assumem contornos coletivos, em torno de causas nem sempre compreensíveis ou justificáveis.

Exemplo disso, acabamos de presenciar, em Porto Alegre, o assassinato de um cidadão que, malgrado ter-se dado de forma cruel e covarde, não demorou para que se praticasse, por causa disso, outros tipos de violência, como depredação do patrimônio da empresa aonde ocorreu o fato, além de danos ao patrimônio de terceiros.

Como dito acima e, em resumo, tudo isso é fruto da intolerância que, para alguns, foi ensejada por discriminação racial. Mas poderia ter sido, como tantas outras, por outras motivações. E o que dizer das intolerâncias religiosa, de orientação sexual ou ainda da intolerância ideológica, em que políticos chamados de esquerda não toleram os de direita e vice-versa? Por ser questão de altíssima indagação, urge perguntar: Fazer o quê, diante da multifacetada intolerância?

Rapidíssimas

  • Tudo em casa – Vejam só! Era só o que faltava! Em 14 cidades, um único partido vai controlar a Câmara Municipal. Em 12 delas, legenda também é a mesma do prefeito eleito. Esses casos são consequência do fim das coligações para disputa de cargos proporcionais. Fiscalização do Executivo fica prejudicada. Tudo isso é fruto da carcomida legislação eleitoral de nosso País.

  • Sortudo desta vez é de São Paulo – Ganhador de R$ 76,1 milhões da Mega-Sena apostou com 7 dezenas em lotérica de Ribeirão Preto, diz Caixa. Vencedor tem 90 dias para retirar o prêmio. O concurso 2.320 da Mega-Sena foi realizado no sábado (21) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. As dezenas sorteadas foram: 06 30 35 39 4248. A Quina teve 92 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 52.821,09. A Quadra teve 6.334 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 1.096,02.

  • Tudo como era antes – Mais da metade dos prefeitos e vereadores brasileiros se elege novamente em 2020. No primeiro turno, 61% dos prefeitos que se candidataram conseguiram um cargo: 2.037 para prefeito e 4 deles elegeram-se para vereador. Ao todo, 53% dos vereadores que concorreram venceram: 23.444 se reelegeram, 1.356 viraram vice-prefeitos e 472, prefeitos. Trocando em miúdo: Tudo continua como era antes. Ou para o bem ou para o mal.

  • Fome na Venezuela não é ficção, veja! – ‘Nunca pensei que passaria fome na velhice’. O drama de viver com aposentadoria de R$ 7 na Venezuela. O colapso econômico no país fez com que a qualidade de vida da grande maioria dos idosos diminuísse violentamente, deixando-os altamente vulneráveis. Em 1980, a velhice era algo muito distante para Norma Mujica. Aos 67, seus dias passam de uma forma muito diferente do que ele imaginava. Sua aposentadoria, que começou no valor equivalente a R$ 925 ao mês, agora representa apenas R$ 7 devido à contínua desvalorização do bolívar, a moeda venezuelana. Eita desgraça de desGoverno comunista!

  • Olha que ideia boa! – Diaristas do DF usam internet para denunciar assédio de clientes: ‘Alguns pedem para usar short curto’. Grupo troca mensagens sobre ‘clientes perigosos’. Veja como denunciar. Um grupo de diaristas do Distrito Federal foi para as redes sociais, neste mês de novembro, denunciar o assédio de clientes. Elas criaram um grupo para alertar sobre “clientes perigosos”. Um deles mandava mensagens, aparentemente interessado no serviço de faxina, no entanto, no meio das negociações, pedia para que as mulheres trabalhassem com roupas curtas. Para que aceitassem, o homem oferecia dinheiro extra, além do valor da diária.

  • Oposição do Recife saberia copiar? – Será? Bem… Pelo visto, não. Pelo menos no quesito “mostrar os podre” do candidato adversário. É que, observando o nível da campanha de João Campos e Marília Arraes, conclui-se que tanto Mendonça Filho quanto Patrícia Domingos foram muito burocráticos, neste aspecto. Bem que estes poderiam aproveitar pra aprender como secar o adversário, mostrando ao povo o que os adversários fizeram ou deixaram de fazer. Aprendam, pessoal!

  • Marília nocauteia João até na Justiça – Com essa história de o guia eleitoral de João Campos dizer que Marília Arraes é contra a Bíblia, ensejou proibição por parte da Justiça Eleitoral. João está proibido de falar no assunto. Eitaaa, e agora, João?

  • Prefeita mais nova do Brasil – Embora não seja algo fenomenal (por ser ela filha de rico empresário da cidade), o fato é que não deixa de ser um fato interessante. Camutanga, na Zona da Mata Norte pernambucana, elegeu a prefeita mais jovem do Brasil, a empresária Talita Fonseca, mais conhecida como Talita de Doda (MDB), recebeu a confiança do povo aos 23 anos de idade. Ela também é a primeira mulher escolhida para governar o município. “Faremos uma gestão que olhará para todos e atenderá a necessidade da grande maioria”, disse, em um vídeo de agradecimento divulgado nas redes sociais. Talita obteve 60,65% dos votos válidos (3.614 votos). Parabéns, do blog, pra ela!

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do Blog Luís Machado: (81) 98732.5244.

Blog - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá