Blog Luis Machado

Notícias

MORRE DOM HENRIQUE S0ARES, BISPO DE PALMARES

Morreu na noite deste sábado (18) Dom Henrique Soares da Costa, Bispo da Diocese de Palmares (PE). O prelado que tinha 57 anos e estava internado no Hospital Memorial São José, no Recife, diagnosticado com a Covid-19. Dentre os inúmeros pensamentos de sua vasta obra publicada nas redes sociais, acerca de temas religiosos, destaca-se este:

“Entregar a vida por uma causa que vale a vida! É verdade! Estou nas mãos Dele! Seja Ele minha vida, seja Ele minha força, seja Ele a alegria dos meus dias e o sentido da minha existência! Dele vim, Nele vivo, para Ele vou! Seja bendito o Seu Nome em mim, quer na vida quer na morte! E que Ele nunca permita que Dele eu me separe! Hoje, como há nove anos, in manus Tuas, Domine.”
(Dom Henrique Soares da Costa)

Palmares recebeu a notícia em choque, pois tratava-se de um Bispo muito querido e respeitado de Norte a Sul do País. Trata-se de um dos Bispos mais proeminentes da Igreja Católica, sendo nacionalmente conhecido por sua postura firme e equilibrada em favor da chamada sã doutrina da Igreja. Nasceu em Penedo (AL), em 1963, e foi criado em Junqueiro. Era bacharel em filosofia e mestre em teologia, pela Universidade Gregoriana de Roma, e durante muitos anos atuou como diretor e professor em cursos de teologia em seminários do seu Estado natal. Foi ordenado Bispo em 2009, pelo Arcebispo de Maceió. Em 2014 assumiu a Diocese pernambucana.

Empresário Joabe Seabra apóia a pré-candidatura do Delegado Resende a Prefeito do Cabo



Final de semana repleto de manifestações, em apoio à pré-campanha do Delegado Resende (Podemos). Exemplo disso ocorreu em Pau Santo, mais precisamente, na fazenda do empresário Joabe Seabra que por sua vez organizou um almoço, para anunciar seu apoio ao pré candidato. Lá o conhecido bacamarteiro Bidel também compareceu e declarou apoio a Resende. Importante frisar que, Bidel sempre apoiou o ex-prefeito Elias Gomes mas, viu na pessoa de Resende, sangue novo e esperança real de mudança, no Município. Outro nome de peso, presente ao evento, foi João Turbina, empresário bem sucedido no Cabo de Santo Agostinho. São os empreendedores que, cansados da velha política, já não aguentam mais administradores que sempre governaram para si e seus apadrinhados. Por lá, o que se comenta é: “a hora do cabo É AGORA”.

Flávio Bolsonaro é pego como bode expiatório. Entenda porquê

Curioso é o fato de que o senador Flávio Bolsonaro (PR) esteja sendo acusado de chefiar esquema de “Rachadinhas”, quando era deputado no Rio de Janeiro, como se tal prática em todos os níveis de Parlamento não fosse regra, de Norte a Sul deste País. Todas as Câmaras de Vereadores e Assembléias Legislativas no Brasil praticam e todo mundo sabe disso.

Houve um tempo (e já se vai muito tempo) que, por termos apoiado um certo candidato a Vereador, após eleito, vieram as perguntas entre os pretensos assessores, se haveria rachadinha. Felizmente o eleito cumpriu a promessa de que não usaria tal artifício. Mas, foi lá que pude constatar que de fato havia essa indigesta realidade que, por sinal, era comum; era praticada por todos os Vereadores.

Só que, apesar de ser uma prática condenável -, mas amplamente praticada e aceita entre os que vivenciam a realidade política -, não é justo que o referido Senador seja pego como pode expiatório para pagar por algo por ele eventualmente praticado quando ainda era parlamentar estadual, como se não fosse regra. Então, porque não se processar e condenar os demais praticantes de “rachadinhas”? Essa é a questão.

Vítimas da Covid-19 são trocadas em hospital, no Piauí e família desenterra idosa para ‘destrocar’ corpos

Cemitério Santa Cruz no bairro Promorar, Zona Sul de Teresina — Foto: Catarina Costa/ G1 PI

A confusão deu-se nesta tarde de sábado (18) e o corpo de Francisca Carvalho teve de ser desenterrado e sepultado novamente, ainda durante a noite. Hospital não quis se manifestar sobre o caso.

Essa prática tem se repetido muitas vezes Brasil afora, especialmente no Nordeste. Por conta disso, prefeitos e governadores têm sido acusados de “fabricarem” óbitos de todo tipo, inclusive a permuta de corpos. A falta de organização tem colaborado para isso, aumentando ainda mais a dor de quem perdeu seus entes queridos. O mínimo que queriam seus familiares, era sepultá-los com dignidade.

Rapidíssimas

  • Apoio da direita – Na corrida à sucessão do socialista Geraldo Júlio (PSB) quem deve está soltando fogos é o pré-candidato Alberto Feitosa (PSC) que, sem esforço algum, já conta de saída com apoio de grupos bolsonaristas. Essa semana reuniram-se com lideranças do movimento Endireita Recife que, por sua vez, ao lado do Endireita Pernambuco promete apoio a Feitosa por uma única razão: Ser o único que declara-se abertamente favorável do Presidente Jair Bolsonaro.
  • Delegada Patrícia Domingos – Também ela quer apoio dos bolsonaristas e não apenas deles. Afeiçoada ao trabalho de Sérgio Moro, enquanto juiz da Lava Jato e Ministro da Justiça e Segurança Pública, Patrícia sabe que, na onda da anti-corrupção, precisa dos milhares de votos dos “Moro” recifenses.
  • O que foi notícia, na semana – Mais animado que pinto na lata do lixo, está o pré-candidato a prefeito de Jaboatão, Arnaldo Delmondes (PCdoB). É que o ajuizamento por ele, de uma Ação Popular, contra o Prefeito Anderson Ferreira (PR), de Jaboatão, divulgado com exclusividade por este Blog bombou nas redes sociais, obrigando o Prefeito a se justificar para o Diario de Pernambuco. Até então, a postura do Prefeito era de silêncio sepulcral. Isso deu um verdadeiro up grade aos demais candidatos opositores que, diante da grande repercussão, sentem que podem levar a eleição pro segundo turno, ante o manifesto desgaste de Anderson.
  • Prefeito do Recife é cruel – Repercute e muito a notícia de que a Prefeitura do Recife vai tirar R$ 7,4 milhões para gastar em publicidade. Pois é. Haja crueldade, logo numa época com essas?!
  • Prefeito de Olinda cobra do Governador – A campanha ainda nem começou e já começa a esquentar, em Olinda, até mesmo na churrasqueira do Prefeito Prof. Lupércio. Disse ele que se o governador tiver palavra, vai apoiá-lo à reeleição, conforme lhe prometera. Tudo porque o PSB olindense parece querer subir no palanque do pré-candidato e neo-comunista João Paulo (PCdoB). Lupércio quer, é claro, continuar administrando a Marim dos Caetés.

Eu escrevo, comento e argumento. Mas não invento.

WhasApp do Editor: 9 8732.5244.

Banco de Alimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá