Blog Luis Machado

Notícias

Padres desrespeitam documentos da Igreja

É inteiramente oportuno trazer, aqui mais uma vez (neste domingo), o desabafo de leitores católicos que, não se conformando com o comportamentos de alguns padres e até de bispos – felizmente, ainda são minoria -, denunciam a grosseria e inobservância destes, em relação aos documentos da Igreja, que conferem aos fiéis, o direito de receber a Comunhão na boca.

É o caso da leitora Irene (e-mail irenenegri18@gmail.com), que nos enviou o seguinte desabafo:

“Hoje (18.02.2024) ao receber a Eucaristia, eu me ajoelhei e o padre não quis me dar a hóstia na boca, o mesmo fez gestos para eu levantasse para receber a hóstia na mão. Triste em saber que alguns padres se negam em dar a Eucaristia na boca”, disse ela, em desabafo.

Este blogueiro é testemunha do que está acontecendo pois, também eu, alguns meses atrás, fui comungar na Missa então celebrada na Capela do Colégio Maria Tereza, em Boa Viagem e lá obtive a negativa, por parte de um padre de nome Eudes. No momento mostrei-me irresignado e falei publicamente do ocorrido, tendo isso ensejado aplausos dos presentes, contra a infeliz atitude do sacerdote.

Numa época em que nossa igreja agoniza pela crise estabelecida entre os que que se dizem progressistas e os taxados de conservadores, o esfriamento na fé de muitos é visível, mais que manifesta.

Com a permissão do Papa Francisco, em autorizar bênçãos entre casais irregulares e/ou do mesmo sexo, a crise só faz crescer, no seio da Igreja. Como se não bastasse, vem agora essa, em que maus padres e bispos se mostram contrários à comunhão na boca. Era só o que faltava!

É… Pelo visto, a insensatez parece ser mesmo a marca registrada, dos nossos dias!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá