Blog Luis Machado

Notícias

PARA LULA CABRAL, CADEIA E PROCESSOS JÁ NÃO IMPORTAM

A imagem pode conter: 6 pessoas, texto que diz "Licitação suspensa FOIO AUTO Medida Cautelar expedida pelo conselheiro Valdecir Pascoal determinou à prefeitura do Cabo de Santo Agostinho a suspensão de uma licitação para compra de materiais de construção, equipamentos ferramentas, estimada em R$ 5.338.381,23 A decisão atendeu a uma solicitação da Gerência de Audi- toria de Obras Municipais/Sul do Tribunal, após indícios de imegularidades ikdentificadas no edital, como falta de informações sobre planejamento, justifi- cativa para as aquisiçõcs, detalhamentos básicos de itens licitados, ο certa- me fere também regras fiscaise elcitorais, uma vez que se trata de contratação em fim de mandato, que proibido por lei."
Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar  vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão  dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"

As duas fotos acima traduzem muito bem a deplorável situação atual do Cabo de Santo Agostinho. Na primeira, ver-se que uma medida cautelar, expedida pelo Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado – TCE, Valdecir Pascoal determinou à Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, a suspensão de uma licitação para compra de materiais de construção, equipamentos e ferramentas, estimada em R$ 5.338.381,23. A decisão atendeu a uma solicitação da Gerência de Auditoria de Obras Municipais/Sul do Tribunal, após indícios de irregularidades identificadas no Edital, como falta de informações sobre planejamento, justificativas para as aquisições e detalhamentos básicos de itens licitados.

Diz a nota publicada na coluna “Informativo Quinzenal, do Tribunal de Contas”, constante no Jornal do Commercio, deste domingo (20) que, “O certame, fere também regras fiscais e eleitorais, uma vez que se trata de contratação em fim de mandato, o que é proibido por lei.”

Ora, para alguém que há bem pouco tempo saiu da prisão acusado de desvio de mais de R$ 100 milhões, em valores atuais, licitar a compra de materiais em desobediência à Lei, demonstra que, para Lula Cabral, cadeia e processos na Justiça é o que de menos conta. Dai porque, como tem dito este Blog Luís Machado, a situação do Cabo já não é só um problema político local. Tornou-se uma pandemia de corrupção descontrolada e, como tal, tem que ter os olhares do Estado, voltados para a Cidade do Cabo de Santo Agostinho.

Ora, falta de informações sobre planejamento, justificativas para as aquisições e detalhamentos básicos de itens licitados, por si só, mostram que tencionava a administração agir de forma dolosa. Até porque são princípios básicos, em matéria de licitação e os órgãos de “controle internos” do Município têm a obrigação de saber e observar, sob pena de incorrerem os responsáveis, nos crimes tipificados e previstos em Lei.

Comento, argumento. Só não invento!

Whatsapp do editor do Blog Luís Machado (81) 98732.5244.

Banco de Alimentos

One thought on “PARA LULA CABRAL, CADEIA E PROCESSOS JÁ NÃO IMPORTAM

  • Luladrao.. agora nem polícia federal nem justiça nem uma na terra prende esse corrupto.. mas o povo Cabense acordou, enterrara pra sempre a campanha política de Lula para sempre. A verdadeira mudança começa com delegado Antônio Resende contra essa quadrilha organizada na câmara e prefeitura do Cabo…

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá