Blog Luis Machado

Notícias

POLÍCIA FEDERAL CHEGA ÀS PREFEITURAS

A VEZ DO CABO – Pois não é que a PF está chegando às Prefeituras, mais cedo do que se imaginava? Ou será que chegou tarde? O fato é que, nas primeiras horas desta terça-feira (16) uma força-tarefa da Corporação denominada “Operação Casa de Papel” chegou em pelo menos cinco cidades da Região Metropolitana do Recife, dentre elas, o CABO DE SANTO AGOSTINHO, para investigar contratações, sem licitação, que ultrapassam a casa dos R$ 9 milhões, junto à empresa AJS Comércio e Representação por prefeituras do Estado, na compra de materiais médico-hospitalares para enfrentamento à pandemia de covid-19. Ao todo foram 35 mandados de busca e apreensão em endereços no Recife, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, Carpina e Cabo de Santo Agostinho. Ao contrário do que se esperava, ninguém foi preso, pelo menos por enquanto. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco, a empresa foi contratada pela Secretaria de Saúde do Recife, com dispensa de licitação, ensejando a suspeita de superfaturamento, para o fornecimento de aventais descartáveis, em contrato de R$ 7,5 milhões. Há evidências de que a empresa é de fachada, tendo como “sócios”, pessoas que na verdade são laranjas. Segundo a PF, “O capital social da empresa era de aproximadamente 5 milhões de reais e os “sócios” que tinha acordado esse valor de sociedade sequer tinha passaporte, não viajavam para o exterior, tinham veiculos antigos e moravam em locais que não seriam compatíveis com uma pessoa que detém esse capital social”, explicou.Também chamou atenção da Polícia Federal o fato de que a empresa teve apenas dois funcionários, um em 2015 e outro em 2018, sendo dois irmãos. Fato merecedor de destaque, no caso do CABO DE SANTO AGOSTINHO, é que, como se sabe, o Prefeito Lula Cabral passou cerca de seis meses preso, acusado de corrupção, mas apesar disso, parece não ter aprendido a lição! Enquanto a Polícia Federal e Controladoria da União batem às portas da Prefeitura do Cabo, circula na Cidade, vídeo em que se denunciam, por exemplo, o fechamento do único posto de saúde, existente na comunidade Malaquias, o que vem revoltando moradores daquela localidade.

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL

JABOATÃO DOS GUARARAPES SERÁ A BOLA DA VEZ? – Segundo se comenta, quem deverá receber a visita da Polícia Federal, nos próximos dias, será o Prefeito Anderson Ferreira (PR), já que também está entre os gestores de municípios envolvidos na “Operação Casa de Papel”. Pesa também sobre Anderson, o fato de que, apesar de ter-se beneficiado de soma milionária, vinda do Governo Federal, só inaugurou um hospital de campanha no Município e mesmo assim, com praticamente dois meses de atraso, quando o número de óbitos oriundos do coronavírus já era alarmante. Isso sem falar na encrenca de superfaturamento em Contrato de Arrendamento, do Centro Administrativo da Cidade, o qual foi objeto de representação por parte do Ministério Público de Contas do Estado e Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE). Comenta-se “in off” que, no caso de Jaboatão dos Guararapes o número de prisões exigirá o deslocamento para lá, de alguns camburões, já que o cordão de implicados não é pequeno. É… Os tempos parecem ter mudado, naquela que já foi conhecida como “Moscouzinho”, em alusão ao primeiro Prefeito Comunista, eleito no Brasil, Manoel Calheiros, cuja eleição se dera em outubro de 1947. Se liga, Anderson Ferreira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá