Blog Luis Machado

Professor Lupércio não quer eleger sua candidata

É como se o gestor que foi eleito e reeleito não quisesse eleger o sucessor. Primeiro porque não preserva o Grupo coeso, favorecendo com isso, a desunião, junto a aliados de outrora. Esse parece ser bem o caso do prefeito de Olinda, Professor Lupércio (PSD) que, além de não ter sido capaz de dialogar com o vice, Márcio Botelho (PP) e manter o grupo unido, ainda o empurrou para concorrente com a candidata dele, Lupércio, a sobrinha Mirella Almeida.

Como se não bastasse, Lupércio exonera auxiliares de Botelho para dizer, através da mídia que, não exonerou. O caso foi judicializado, tendo um juiz de primeiro grau mandado a que o prefeito renomeasse os aludidos auxiliares comissionados do vice-prefeito. O prefeito recorreu, obtendo liminar que cassou a decisão de primeira instância e o caso está sub judice.

Mas o que chama atenção é que, em plena véspera das próximas eleições de 2024, acha-se o prefeito no direito de retaliar o vice, como quem não está interessado na eleição de sua candidata. Deveria está, vez que, o eleitor poderá não enxergar no chefe do Executivo, alguém com moral para pedir votos para sua candidata e com isso, quem pode beneficiar-se é a oposição, que aliás, pode ser o próprio Márcio Botelho.

Estaria o professor Lupércio sendo fogo amigo da própria pré-candidata e sobrinha? Em que pese ser isso pouco provável, nunca se sabe. Afinal, em se tratando de política, tudo pode acontecer,inclusive nada e esse nada seria a derrota de Lupércio e seu grupo, na Marim dos Caetés.

One thought on “Professor Lupércio não quer eleger sua candidata

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá