Blog Luis Machado

Notícias

REUNIÃO DE JARBAS COM ANDERSON GERA ATRITO

SENADOR JARBAS VASCONCELOS HUMILHA CORRELIGIONÁRIO DELE EM JABOATÃO DOS GUARARAPES.
Daniel Alves encaminha requerimento para a reestruturação do ...

SENADOR JARBAS VASCONCELOS HUMILHA CORRELIGIONÁRIO DELE EM JABOATÃO DOS GUARARAPES

Foi por causa dessa matéria, publicada aqui no Blog Luís Machado, que, ao visualizar a postagem da mesma, bem como de outra postagem atinente, do Blog Edmar Lyra (também postada aqui), que um cidadão anteriormente identificado como Assessor de Imprensa do vereador Daniel Alves (MDB), pré-candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes, interagindo, disse no Grupo WhatsApp Blog do Machado:

Ao Edmar Lyra Blogue (postado em nosso Grupo), disse o assessor: “Na política tudo é possível, mas esse texto reflete apenas a opinião do autor”.

Ao Blog Luís Machado disse o assessor: “É um desespero (referindo-se ao prefeito de Jaboatão) ir às urnas com o candidato do MDB???”

Diante de tais considerações, entrou este editor e disse: ‘Então prove aos leitores, o contrário’. Retrucou o assessor:”Luís Machado, prove o que o senhor escreve?? Solicitou nota a assessoria de Jarbas? Ao MDB Estadual? Jornalismo tem que ter o posicionamento dos dois lados da história. Fora isso é apenas opinião do autor.”

Retrucamos, por escrito e por áudio: ‘Prove que Jarbas apoia teu pré candidato a Prefeito Daniel Alves’. Responde o assessor: “Prove que ele humilhou, Luis Machado, n preciso t provar nada”. “Vocês não fazem Jornalismo, isso aqui não passa de opiniões”, “Que imprensa??

POIS MUITO BEM. A título de esclarecimentos e pra refrescar a memória do leitor, transcrevemos, na íntegra, a matéria aqui anteriormente publicada, objeto de discordância, da parte do auto-intitulado assessor do pré-candidato de Jaboatão, Daniel Alves. Vejamos:

“Pronto. Aí está a resposta pra pergunta feita pelo Blog Luís Machado ao, questionar o porquê do Senador Jarbas Vasconcelos (MDB) não dá um piu, a favor do correligionário e pré-candidato a prefeito de Jaboatão, vereador Daniel Alves (MDB). É que, como constatará o eleitor, Jarbas está, na verdade é trabalhando pra reeleger Anderson Ferreira (PL).

Conforme noticiou um colega blogueiro, “Hoje pela manhã o Prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, se reuniu com o Senador Jarbas Vasconcelos. O prefeito agradeceu os recursos destinados ao combate do Covid-19 que foram destinados pelo senador emedebista ao município no momento mais crítico da pandemia. Jarbas mobilizou R$ 1 milhão diretamente para a Prefeitura de Jaboatão.

Ferreira registrou que isso permitiu ao município ampliar o atendimento da população através de mais leitos disponíveis, reforçando também os ambulatórios. O prefeito aproveitou a visita para cumprimentar Jarbas pelos seus cinquenta anos de vida pública – completados neste ano – e o convidou a conhecer o futuro Parque da Cidade, em Prazeres, obra pública que poderá ser em parte apoiada com recursos federais. Ele deixou com Jarbas um vídeo sobre essa intervenção urbana e pediu o apoio de emendas para agilizar as obras.”

Das duas uma: Ou Jarbas está de sacanagem com Daniel Alves (e este se tiver dignidade para com seus eleitores, questionará Jarbas quanto a isso), ou o próprio vereador Alves está em conluio com Jarbas. Afora qualquer coisa, está na cara que Daniel não tem apoio de seu partido (MDB). Deveria jogar a toalha. O aparecimento de Raul Henry ao seu lado seria só jogo de cena à sua eleição pra prefeito, já que, quem manda mesmo no MDB, em Pernambuco são os senadores Jarbas Vasconcelos e Fernando Bezerra Coelho. Vá entender a sujeira, na política!”

CONCLUSÃO: DE TUDO O QUE SE PODE DEDUZIR, se é que se possa… é que, algumas pessoas, sem querer, imaginam que todo mundo é ingênuo ou idiota, ou então, fazem isso deliberadamente, e má-fé.

Ora, o senador Jarbas Vasconcelos não tem explicitado apoio ao correligionário dele, em Jaboatão. Primeiro isso. É fato e contra fatos não há argumentos. Segundo, há dois dias o senador e o prefeito de Jaboatão estiveram juntos e posaram pra foto, conforme publicado. E não se venha dizer que os dois se reuniram pra rezar. Terceiro: Se Jarbas, às vésperas das convenções partidárias encontrou-se com o candidato (o prefeito), adversário do correligionário do senador, o que se pode deduzir com verossimilhança? A única coisa que se pode deduzir é que a conversa seria para, na melhor das hipóteses, costurar apoio do MDB de Jaboatão ao Prefeito e aí ocorreria a desistência de Daniel Alves. Mas nem isso foi ventilado na matéria e não haveria razão para isso, pelo menos até aquele momento da publicação da matéria, aqui no blog.

Finalmente, o que acontece é que tem gente sem amor próprio. Já que Jarbas Vasconcelos não teve o gesto republicano para, ao menos esboçar explicitamente a falta de apoio moral (ao menos apoio moral) a Daniel Alves, caberia a este vir a público expressar seu inconformismo, diante de tão indigesta atitude do senador. JAMAIS por si ou seus prepostos, vir a público dizer que NÃO HÁ FALTA DE APOIO. Há falta e apoio sim. Ora, se essa pobre atitude dos “medalhões” do MDB estadual não configura gesto de humilhação a um jovem e promissor candidato – como é Daniel Alves, já não saberíamos o que seria demonstrar humilhação, do ponto de vista político-partidário. E não se venha dizer que isto é apenas opinião do blog, e ausência de jornalismo. Pensar assim, é subestimar a capacidade de inteligência das pessoas, o que, convenhamos, é inaceitável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá