Blog Luis Machado

Notícias

VACINA OBRIGATÓRIA TEM OUTRO NOME: RANÇO DE AUTORITARISMO

Bolsonaro, mentiras e panelaço - 09/04/2020 - UOL Notícias

Acertada, a decisão expressa do Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em não querer tornar obrigatório, o uso da vacina contra a Covid-19, ao contrário do que se tem noticiado, em relação do Estado de São Paulo. Lá, o governador João Dória (PSDB) tem sido alvo de severas críticas, exatamente por entender que a vacinação terá que ser obrigatória.

Ora, se nenhuma outra vacina é de uso obrigatório, o que justificaria a obrigatoriedade da aludida vacina? Interesses escusos e manipuladores da saúde dos paulistanos, junto ao Governo da China? Isso seria ou é deplorável, especialmente num momento em que ideologias parecem ser o norte da vidas de tanta gente que, só quer um pretexto para politizar o serviço de saúde pública, o que, convenhamos, não interessa a ninguém.

Justiça seja feita e desta vez Bolsonaro acerta, ao deixar de engessar a vontade do povo que, malgrado ter consciência da gravidade do problema do novo corona vírus, não encontra justificativa para ser obrigado a tomar uma vacina, cuja procedência ainda carece de tempo necessário à sua eficácia.

E não se venha dizer ou imaginar que estejamos querendo ser simpáticos ao gesto do Presidente. Até porque, quando é para criticar, criticamos. Mas quando é para enaltecer, fazemos, então. Vacina de prevenção contra esse vírus dever ser prioridade de todo e qualquer governo. Mas nunca constituir-se em instrumento de opressão, por melhor que seja a intenção. Não deve, portanto, constituir-se num disfarçado ranço de autoritarismo.

Rapidíssimas

  • Reações da vacina chinesa – O governo de São Paulo disse nesta segunda-feira (19) que 35% dos nove mil voluntários que participam da terceira fase de testes no Brasil apresentaram reações adversas leves à CoronaVac, vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Não houve registro de efeitos colaterais graves. Trata-se, sem dúvida, de um percentual muito alto, convenhamos!

  • Prefeito do Recife, na bimba do boi – Segundo revela o Blog do Magno Martins, após sete anos e 10 meses de gestão, o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), se despede do cargo amargando o título de gestor mais mal avaliado do Nordeste e o quinto com a maior desaprovação entre as capitais de todo o Brasil. De acordo com a pesquisa Ibope/JC/Rede Globo, o socialista tem 55% de desaprovação, ante aprovação de 40% dos recifenses. Na outra ponta, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), obteve o melhor desempenho entre as 26 capitais pesquisadas pelo Ibope, que ouviu eleitores para saber quem eram os melhores prefeitos. Ele tem 85% de aprovação e 12% de desaprovação.

  • Caxangá Ágape, o mais antigo – Com 75 anos nos coros, é o Ágape a confraria mais antiga da América Latina. Fará, nesta quarta-feira, homenagem ao candidato a prefeito do Recife, Mendonça Filho e dará título a Priscila Krause, candidata a vice de Mendonça. Como no Recife as instituições antigas tem sido dizimadas, é de se enaltecer a existência do mesmo. Parabéns!

  • Lula reforça apoio a Marília Arraes – Ao contrário do que se esperava, o ex-presidente Lula reforçou, através de vídeo, seu apoio à candidata petista Marília Arraes. Não se esperava, porque a ligação dele com o PSB é de longa data. Como se vê, a quebra de braço entre PSB e PT está nacionalizada. É pra ver quem tem bala na agulha: Se a mãe de João Campos ou se ainda é o Lula. Dia 15 de novembro a gente sabe.

  • No Cabo de Santo Agostinho – Elias Gomes ficou doido? É que resolveu agora processar, na Justiça, apoiadores do candidato a prefeito, delegado Resende (Podemos). A bola da vez é a coordenadora de campanha do delegado, Yolanda Soares. Elias sabe que isso não vai dá em nada, mas precisa ensejar factóides. Fatos que não levam a nada e só gera notícia, por 24 horas.

  • Arnaldo Delmondes ganha no primeiro turno? – Essa é a afirmação do comunista Arnaldo Delmondes (PCdoB), acerca das eleições em Jaboatão dos Guararapes. Ele sustenta de pé junto que, se houver segundo turno, será ele o eleito. Se não houver, será porque o mesmo já terá sido eleito. Ou seja, havendo ou não segundo turno, o eleito será Arnaldo Delmondes. Vai ser otimista assim, em Wuhan!

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do editor do Blog Luís Machado: (81) 98732.5244.

Banco de Alimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá