Blog Luis Machado

Notícias

CAIXA ECONÔMICA não cumpre decisão judicial e desempregado entra em desespero

Resultado de imagem para fotos da caixa econômica de jaboatão, praça do rosário
Situação da população que madruga para ser atendida pela Caixa Econômica Federal, em Jaboatão dos Guararapes
Nenhuma descrição de foto disponível.

É vergonhoso, humilhante, desumano e inaceitável, o que a Caixa Econômica Federal vem fazendo com aqueles que do referido Banco necessitam, a ponto de ter ensejado, ano passado, a intervenção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Pernambuco que, ajuizou demanda, junto à Justiça Federal, tendo a Justiça mandado à Caixa proceder, em 10 dias, atendimento a Advogados, quanto à liberação de Alvarás, visto que, trata-se a advocacia como sendo atividade essencial, frente ao preconizado pelo Decreto do governo do Estado.

Caso concreto e que corrobora isso, está sendo o descumprimento de uma decisão da Juíza Fabiana Moraes Silva, da 5a Vara Cível de Jaboatão dos Guararapes que mandou transferir valores atinentes a uma causa ganha por um cidadão de Jaboatão (desempregado desde o início da Pandemia), cuja transferência da conta da Justiça para a conta do referido senhor se deu em início de dezembro de 2020. Mas até o presente, a Caixa não cumpriu a decisão judicial.

Consta que o Processo já foi até arquivado e o beneficiário ainda pena pra receber o que tem direito. Ao blog Luís Machado, dirigiu-se o senhor LUCIVÂNIO GERALDINO DA SILVA que, visivelmente desesperado estava, para queixar-se. Disse que já esteve no Banco várias vezes com impressos de peças do processo, os quais foram protocolados na Caixa (em reforço à ordem judicial de transferência), mas sempre lhe dizem que “em 10 dias o dinheiro vai cair na sua conta”. Só que nada acontece. “É terrível está precisando das coisas em casa, sabendo que tenho um pouco de dinheiro pra receber, mas a Caixa não quer me pagar“, desabafa, quase aos prantos, Lucivânio.

Para completar e, como se não bastasse, a Caixa fechou seu PA (Posto avançado) até então existente no Fórum de Jaboatão dos Guararapes, transferindo todo atendimento ali existente, para a Agência de Jaboatão-Centro, quando poderia ter transferido para uma das agências situadas em Prazeres ou Piedade, o que minoraria o sofrimento da população moradora no lado das praias que, agora tem de madrugar para lá ser atendida, como é o caso de Lucivânio.

Ou seja, o Alvará de liberação do dinheiro do ora desesperado senhor Lucivânio foi expedido em agosto de 2020, mas o mesmo não consegue recebê-lo, apesar dos esforços do referido senhor e do seu Advogado. QUANTA FALTA DE SENSIBILIDADE, EM RELAÇÃO AO PROBLEMA DO OUTRO. Será que as autoridades do Jaboatão não estão ao par de mais essa difícil situação? Ora, isso não é algo difícil de ser solucionado. Basta querer. E vejam que não se trata de favor! Bastaria só de um pouco mais de humanidade. Fica aqui a denúncia e o apelo!

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do Blog Luis Machado: (81) 98732.5244.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá