Blog Luis Machado

Notícias

Presidente Bolsonaro, enfiar em nós, da imprensa não, mesmoo!

Cartacapital | Bolsonaro se revolta com caso do leite condensado: 'É pra  enfiar no rabo de vocês da imprensa' - Carta Capital

Ainda no primeiro turno da campanha presidencial, falei que, os opositores do então candidato Jair Bolsonaro fariam de tudo, para tirá-lo do cargo, caso eleito fosse. Eu só não poderia imaginar, jamais é que, essa possibilidade se daria com a colaboração direta e explícita do agora presidente da República que, não quer porta-voz e acha que pode falar tudo o que dá na telha.

Já se passaram mais de dois anos e cada dia mais parece que eu tinha visto isso numa espécie de antecipação do filme. Exemplo disso foi o que disse o presidente, hoje: “é pra enfiar no rabo de vocês da imprensa essa lata de leite condensado”. Matérias divulgadas mostram que o Governo Federal gastou de R$ 15 milhões com o produto em 2020. As informações são do Portal Poder360, cuja matéria foi replicada pelo blog do Magno Martin e outros sites, Brasil afora.

Ele disse que “essas críticas não levam a lugar nenhum”. Em tom exaltado e aplaudido por apoiadores, acrescentou: “Vai para puta que pariu” e “imprensa de merda”. Bolsonaro participava de um evento privado. Pelo menos 2 ministros estavam com ele: Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Gilson Machado (Turismo). Ambos riram e aplaudiram as declarações do presidente.

O presidente também afirmou que demonstrará, na live de amanhã, que os gastos do governo Dilma com leite condensado foram superiores aos da sua gestão. Ora, convenhamos! Então, quer dizer que, caso tenham os gastos de seus antecessores sido maiores ou menores, implicaria dizer que são justificáveis e corretos, especialmente numa época de terrível crise sanitária, política e econômica, porque passamos todos nós?

Então quer dizer que justifica-se os gastos milionários com produtos considerados supérfluos, como chicletes, por exemplo? Ora, nem se está aqui a discutir acerca da compra de tais produtos (que em si não deixa de ser absurda), mas sim, da montanha de dinheiro gasto. É claro que, é inconcebível comprá-los em quantidade tão absurda. Primeiro isso. Segundo, atacar a imprensa com linguajar chulo, ainda que num ambiente privado, não faz parte da liturgia do cargo. É certo que isso agrada uma pequena parte de apoiadores que sentem-se assim, representados, até nesse aspecto. Mas não está correto.

Mas isso nem é o principal desconforto. Horroroso, mesmo, é ter a Nação que constatar que expedientes e práticas da chamada velha política são praticados exatamente por quem foi eleito prometendo fazer diferente. E o que é pior: Endossa práticas semelhantes e abusivas em praticamente todas as prefeituras, Governos estaduais e instituições públicas, de todos os Poderes da República. Isso é imoral. Isso é lamentável e inaceitável. Convenhamos!

Comento, argumento. Só não invento!

WhatsApp do editor do Blog Luís Machado: (81) 98732.5244.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá