Blog Luis Machado

Notícias

5 mortos e 27 feridos vítimas de atropelamento por micro-onibus, em Marcos Freire, em procissão, neste Domingo de Páscoa

Subiu para cinco o número de mortos após um micro-ônibus atropelar fiéis que participavam de uma procissão no bairro de Marcos Freire, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, na tarde do domingo de Páscoa (31). O acidente deixou outras 27 pessoas feridas. As informações são do G1-PE.

A quinta morte foi confirmada pela prefeitura de Jaboatão por volta das 23h do domingo. A vítima, que não teve o nome divulgado, era uma mulher e morreu na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Lagoa Encantada, no bairro da Cohab, na Zona Sul do Recife.

As mortes confirmadas pela prefeitura de Jaboatão dos Guararapes e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram de:

  • Um idoso de 75 anos, que não resistiu aos ferimentos durante o atendimento;
  • Um homem de 51 anos, que faleceu também durante o atendimento dos socorristas;
  • Três mulheres de 51, 53 e 66 anos: duas delas morreram antes de receber atendimento, e uma faleceu em uma UPA.

Segundo a prefeitura, das outras 27 pessoas socorridas, uma teve alta e 26 estão internadas nas seguintes unidades de saúde:

  • Nove no Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife;
  • Sete no Hospital Dom Hélder, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife;
  • Uma no Hospital Otávio de Freitas, em Tejipió, na Zona Oeste do Recife;
  • Seis na UPA da Imbiribeira, na Zona Sul da capital pernambucana;
  • Dois na Upa do Ibura, também na Zona Sul da cidade;
  • Uma em hospital particular não informado.

Os nomes e as idades dos feridos, assim como informações sobre o estado de saúde dos pacientes, não foram divulgados até a última atualização desta reportagem.

Micro-ônibus que atropelou participantes de procissão em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife — Foto: Everaldo Silva/TV Globo

Micro-ônibus que atropelou participantes de procissão em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife — Foto: Everaldo Silva/TV Globo

O micro-ônibus fazia a linha 118 – Marcos Freire/Barra de Jangada, tinha autorização do município para circular como transporte complementar e levava passageiros no momento do acidente. O motorista fugiu após o atropelamento, mas foi identificado pela prefeitura.

O veículo saiu da praça do terminal de ônibus de Marcos Freire e seguia para a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no mesmo bairro. O atropelamento aconteceu na Avenida Barreto de Menezes, em um trecho conhecido como “ladeira da Adelaide”, pois fica perto da Escola de Referência em Ensino Médio Adelaide Pessoa Câmara.

Um vídeo recebido pela TV Globo mostra o momento em que o veículo desce a ladeira desgovernado e atropela vários participantes, formando uma correria entre os outros fiéis.

Ao g1, por telefone, a secretária de Serviço Social de Jaboatão dos Guararapes, Maria Jacinta da Silva, confirmou que faltou freio ao micro-ônibus durante o percurso.

Mapa do local onde micro-ônibus atropelou participantes de procissão em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife — Foto: Arte/g1

Mapa do local onde micro-ônibus atropelou participantes de procissão em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife — Foto: Arte/g1.

Respostas

O g1 entrou em contato com a Polícia Civil, para questionar sobre a investigação desse caso, mas a resposta foi enviada pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS). O governo do estado lamentou o ocorrido e informou que enviou equipes do Corpo de Bombeiros Militar e das polícias Militar, Civil e Científica para o local. Também declarou que o caso é investigado pela Delegacia de Plantão de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes.

A prefeitura de Jaboatão informou, em nota, que enviou equipes da Guarda Municipal, da Defesa Civil e da Secretaria de Assistência Social ao local do acidente e que colabora “para que as investigações transcorram com o devido rigor”. Também disse que o prefeito Mano Medeiros (PL) “determinou que as equipes da assistência e da saúde fizessem uma varredura para identificar os feridos e os familiares das vítimas e prestassem todo o apoio necessário a essas pessoas”.

Também em nota, a Arquidiocese de Olinda e Recife afirmou que se solidariza com o Padre Paulo, pároco da comunidade, “bem como com toda comunidade enlutada nesse momento de dor”. Também disse que está à disposição “para colaborar com as vítimas e seus familiares, auxiliando e contribuindo na superação dessa fatalidade” e que requer das autoridades públicas que “a situação seja averiguada, com todos os envolvidos no acidente devidamente responsabilizados”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá