BLOG LUÍS MACHADO – Domingo, 05.09.2021

PE. ZEZINHO SOBRE MATRIMÔNIO CATÓLICO: “NOSSA IGREJA TEM NORMAS”

Pe. Zezinho sobre matrimônio católico: “nossa Igreja tem normas” - Rádio  Rainha da Paz
  • “Respeitamos homossexuais, mas matrimônio é união entre homem e mulher e entre nós não há outra hipótese”, reafirma

    O pe. Zezinho voltou a se manifestar com clareza, em sua rede social, sobre o matrimônio católico: ele reafirmou que “nossa Igreja tem normas” e declarou que “respeitamos os homossexuais, mas matrimônio é união entre homem e mulher e entre nós não há outra hipótese”.

    Confira o comentário completo que ele publicou em sua página:

    Catequese sobre o Casamento
Frases Padre Zezinho - Publicações | Facebook
  • “Homens que desejam e amam mulheres e mulheres que desejam e amam homens sempre existiram. São maioria! Basta olhar para seu bairro, cidade, estado e país.

    Homens que desejam e amam homens e mulheres que desejam e amam mulheres também sempre existiram. Reis e rainhas, políticos, artistas, religiosos e gente de todas as camadas da sociedade sempre manifestaram suas preferências de coabitação”.

    Sobre direitos, opinião, respeito e doutrina
    O padre prossegue:

    “Se você só deseja e ama pessoas de outro sexo porque deseja viver com tais pessoas, criar e formar família, saiba que através dos séculos a maioria das pessoas buscou este tipo de convivência. Se você é gay, lésbica, homossexual, e acha que é seu direito se manifestar em público e luta para ser respeitado, as Constituições da maioria dos países têm legislado isto como um direito. Mas o corpo humano foi desenhado para o acasalamento entre homem e mulher. Ateus e crentes em Deus sabem que a biologia é assim. Redesenhar a vida e o corpo raramente funciona.
Pe. Zezinho sobre matrimônio católico: "nossa Igreja tem normas"
  • Mas se você é religioso ou religiosa e não concorda com isto, ao menos não os desrespeite. Assim como eles defendem abertamente tal comportamento sexual, você também tem o direito de manifestar sua opinião. A diferença está entre o diálogo civilizado e a agressão.

    Só eles sabem o que lhes vai no corpo e na alma. Tenho amigos e amigas que, sabendo que não concordo com suas escolhas, sabem também que não me cabe descrever o que eles sentem. É assunto íntimo deles! Cresci e tornei-me adulto respeitando gente do meu bairro com tais preferências. Os homossexuais de hoje acharam suas defesas. Cabe a nós, que discordamos, mas os respeitamos, ser bem claros na nossa postura”.

    Matrimônio católico: “nossa Igreja tem normas”
O pioneiro Pe. Zezinho, scj, faz 80 anos - Revista Familia Cristã
  • O Pe. Zezinho finaliza:

    “Só Deus pode julgar. Mas nossa Igreja tem normas e entre nós não há matrimônio nem cerimônia sacramental entre homem com homem ou mulher com mulher. Para nossa Igreja está proibido oficiar tal cerimônia. Se outras Igrejas aceitam, o assunto é delas e dos seus fiéis.

    Nós, católicos, respeitamos e não agredimos, mas não apoiamos. Matrimônio é união entre homem e mulher. Entre nós não há outra hipótese”.

_______________________________________________

Comento, argumento. Só não invento!

Deixe um comentário

Posts Recentes