Blog Luis Machado

Notícias

Faixas Salariais: representantes dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militares se reúnem com Coronel Alberto Feitosa

Faixas Salariais: representantes dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militares se reúnem com Coronel Alberto Feitosa

Faixas Salariais: representantes dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militares se reúnem com Coronel Alberto Feitosa

Faixas Salariais: representantes dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militares se reúnem com Coronel Alberto Feitosa

Ainda repercute, a informação de que a categoria está mobilizada e levou a preocupação com o Projeto de Lei da governadora Raquel Lyra que planeja a extinção das faixas salariais de PMs e Bombeiros até 2026 com índices de reajuste menores que a inflação prevista para 2024, 2025 e 2026. Estiveram presentes, no gabinete do Coronel Alberto Feitosa, representantes da Associação de Cabos e Soldados (ACS-PE) e da Associação dos Praças dos Policiais e Bombeiros Militares (ASPRA-PE)

“Nós vamos convocar os associados para participar da Audiência Pública que será realizada na Assembléia Legislativa, no próximo dia 20.03 às 11h, e também vamos procurar as Comissões da Assembleia Legislativa para reforcar a preocupação da categoria e pedir que aprovem as emendas dos parlamentares ao Projeto de Lei apresentado pelo Governo”, adiantou Luis Carlos Torres, presidente da Associação de Cabos e Soldados.

“O sentimento da categoria é de decepção. Uma promessa de campanha de 2022 que gerou uma expectativa que agora se frustra com esse Projeto da governadora enviado a Assembleia Legislativa” , disse José Roberto, presidente da ASPRA-PE

“Fiquei muito satisfeito ao ver a mobilização e inicativa da categoria para se fazer cumprir uma promessa de campanha. Temo muito que se a Polícia Civil entrar de greve, a Polícia Militar e o Bombeiros também parem”, falou o deputado.

O Coronel Alberto Feitosa apresentou emendas ao Projeto de Lei apresentado pelo Governo pedindo a execução imediata para 30, 60 e 90 dias. O parlamentar lembrou que a inflação de 2023 passou de 4,60% e a categoria não teve qualquer reajuste salarial e que a estimativa do IPCA para este ano é de 3,80% de inflação e de 3,51% em 2025. Enquanto isso, o Projeto de Lei que a governadora apresenta é de reajuste escalonado de: 3,50% em junho de 2024, 3,50% em junho de 2025 e 3% em junho de 2026.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes