Blog Luis Machado

Notícias

Motoristas, motociclistas e ciclistas de aplicativos ganham força tarefa dos parlamentares

Depois de um dia de mobilização nacional da categoria, os motoristas de aplicativo foram até a Assembléia Legislativa (Alepe) pedir o apoio dos parlamentares estaduais para a suspensão da votação do Projeto de Lei que quer regulamentar o trabalho da categoria.

Uma comissão de representantes foi recebida no gabinete do deputado estadual Coronel Alberto Feitosa (PL) nesta manhã, na Alepe. O parlamentar os recebeu ao lado do deputado federal Coronel Meira(PL).

Entre os pontos polêmicos do Projeto está o pagamento mínimo de R$ 32,10 por hora de trabalho. “Não tenho dúvida de que a população já tem o serviço como parte do seu dia a dia então um Projeto como este desestimula os motoristas prejudica a oferta do serviço aos usuários “, explicou Rafael Oliveira, motorista de Uber.

Os representantes também estão se articulando junto ao município do Recife e foram representados pelo pré candidato a vereador do Recife, Rogério Magalhães(PL). Uma força tarefa de articulação será feita pelos deputados Coronel Alberto Feitosa e Coronel Meira. “Vou fazer a articulação com os deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Pernambuco para que mobilize os deputados federais de seus partidos a votarem contra o atual Projeto do Governo Federal”, se comprometeu o deputado Coronel Alberto Feitosa (PL) que levou o tema para pronunciamento no Plenário já na tarde de hoje.

“Essa pauta já é uma prioridade minha na Câmara Federal e vamos nos unir para derrotar o Projeto do Governo. Estarei reunindo líderes do nosso partido PL para fazer essa articulação e que entre em votação um Projeto que atenda a categoria de motoristas de aplicativo, motociclistas e ciclistas “, reforçou o deputado federal Coronel Meira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Olá